Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    -0,08 (-0,12%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    58.061,36
    -990,19 (-1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +5,75 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3666
    0,0000 (0,00%)
     

Petrobras ganha mais prazo do Cade para vender refinarias e ativos de gás

·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O órgão antitruste Cade atendeu nesta quarta-feira um pleito da Petrobras e prorrogou os prazos para que a estatal realize a venda de refinarias e ativos de gás, mas manteve obrigação para que os desinvestimentos sejam concluídos até o fim deste ano, conforme informou em comunicado.

Os desenvestimentos fazem parte de obrigações assumidas pela estatal em acordos firmados com a autarquia, que têm como objetivo atrair novos investidores e estimular a concorrência nos mercados de refino e gás natural.

"A Petrobras apresentou ao Cade pedido de readequação do cronograma de vendas tendo em vista os andamentos dos processos de desinvestimentos, que encontram eventuais demandas, e o cenário econômico decorrente da pandemia", disse o Cade.

No novo cronograma, a Petrobras tem até 31 de julho para vender das seguintes unidades: Refinaria Isaac Sabbá, Refinaria Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste e Refinaria Alberto Pasqualini.

Já os ativos Unidade de Industrialização de Xisto, Refinaria Gabriel Passos e Refinaria Abreu e Lima devem ser vendidos até 30 de outubro. A Refinaria Presidente Getúlio Vargas terá até o fim do ano.

Para a venda da transportadora de gás NTS a petroleira terá até 30 de abril.

E para a alienação da participação acionária indireta da estatal em companhias distribuidoras, seja alienando suas ações na Gaspetro, seja buscando a alienação da participação da Gaspetro nas companhias distribuidoras, a empresa terá até 30 de junho.

Pelo acerto original, a Petrobras deveria vender refinarias e suas participações na Nova Transportadora do Sudeste (NTS) e na Gaspetro até o final do ano passado, conforme nota anterior da empresa.

O Cade destacou que o prazo para a conclusão e efetivação das vendas permanece o mesmo para todas as operações: 31 de dezembro de 2021.

(Por Marta Nogueira)