Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.381,50
    -1.413,88 (-2,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Petrobras fecha venda termelétricas na Bahia por R$95 mi

·1 minuto de leitura
Edifício-sede da Petrobras, no Rio de Janeiro (RJ)

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras informou nesta segunda-feira que assinou com a São Francisco Energia, subsidiária da Global Participações em Energia, contrato para a venda das três usinas termelétricas movidas a óleo combustível em Camaçari (BA), por 95 milhões de reais.

O valor não considera os ajustes previstos em contrato até o fechamento da transação, enquanto o acordo está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, como aprovações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da reguladora ANP.

As termelétricas do Polo Camaçari englobam as usinas Arembepe, Bahia 1 e Muricy, com potência total instalada de 329 megawatts.

O polo tem contratos de comercialização de energia no ambiente regulado com vigência até dezembro de 2023 para as UTEs Arembepe e Muricy, e até dezembro de 2025, para a UTE Bahia.

A Petrobras disse ainda que o projeto de desinvestimento da UTE Canoas, localizada no Rio Grande do Sul, permanece em andamento e as etapas subsequentes do processo serão divulgadas ao mercado oportunamente.

(Por Roberto Samora)