Mercado fechado

Petrobras eleva diesel em 2% para máxima desde o fim de setembro

Refinaria da Petrobras em São José dos Campos (SP)

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras elevará o preço médio do diesel em suas refinarias em aproximadamente 2% a partir de quarta-feira, após realizar um pequeno ajuste no domingo, informou a companhia à Reuters.

Com a alta, o combustível fóssil nas refinarias atingiu cerca de 2,27 reais por litro, uma máxima desde o fim de setembro, quando chegou a aproximadamente 2,29 reais por litro, segundo dados da estatal compilados pela Reuters.

A gasolina, em contrapartida, será mantida estável.

A Petrobras tem reiterado que sua política de preços para a gasolina e o diesel segue o princípio da paridade de importação, formada pela cotação internacional dos produtos mais os custos de importadores, como transporte e taxas portuárias.

O repasse dos ajustes de preço nas refinarias para o consumidor final nos postos não são imediatos e dependem de diversos fatores, como impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis.


(Por Marta Nogueira)