Mercado fechará em 6 h 52 min

Petrobras é investigada por aumento abusivo nos preços dos combustíveis

·2 min de leitura
  • Investigação será realizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica;

  • Gasolina teve 16 reajustes em 2021, totalizando um aumento de 46%;

  • Se culpada, empresa deverá pagar uma multa.

Só em 2021 o preço médio da gasolina subiu 46%. Por conta disso, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) está abrindo dois inquéritos para investigar a Petrobras por abuso na hora de reajustar seus preços.

Segundo o presidente da organização, Alexandre Cordeiro, a investigação foi aberta a partir de documentos e notícias veiculadas sobre os reajustes sequenciais praticados pela petroleira.

Segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), a gasolina iniciou o ano custando R$ 4,60 na bomba. Em dezembro o valor médio nacional já era de R$ 6,67.

Leia também:

O diesel contou com um aumento similar, indo de R$ 3,60 no início do ano para uma média de R$ 5,30 em dezembro. Uma alta de 47%.

Ao todo, a Petrobras realizou 16 reajustes no preço da gasolina, sendo cinco reduções. Já o diesel sofreu 12 reajustes, sendo três reduções.

O Cade acredita que a petroleira pode ter usado seu poder mercado, visto que é a empresa que domina o mercado nacional, para praticar reajustes abusivos.

Caso haja evidências suficientes da prática, a Petrobras poderá ser multada pelo Conselho.

Petrobras também é investigada pelo aumento no preço do fornecimento de gás

O Cade também investiga a petroleira pelo aumento do gás natural.

Em dezembro com o vencimento dos contratos de fornecimento de gás natural encanado para diversos estados, como Alagoas, Bahia, Sergipe e Rio de Janeiro, as empresas distribuidoras e as assembleias legislativas estaduais entraram com medidas cautelares no Cade.

Na época, a Petrobras queria aumentar o valor do fornecimento de gás em 200%, mas após negociações a taxa caiu para 100% e enfim 50%.

Prefeito do Rio diz que investirá parte do tesouro da cidade em criptomoedas. Segundo a petroleira, o aumento foi causado pela elevação dos preços do barril de petróleo e do dólar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos