Mercado fechará em 3 h 4 min
  • BOVESPA

    111.198,66
    +525,90 (+0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.369,22
    -33,48 (-0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,37
    +0,41 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.784,30
    +13,80 (+0,78%)
     
  • BTC-USD

    66.833,01
    +4.164,68 (+6,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.550,57
    +69,76 (+4,71%)
     
  • S&P500

    4.538,42
    +18,79 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    35.618,29
    +160,98 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.412,75
    +14,25 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4623
    -0,0339 (-0,52%)
     

Petrobras declara Excelerate Energy vencedora do arrendamento de terminal na Bahia

·2 minuto de leitura
O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, em audiência em Brasília nesta semana

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras declarou a Excelerate Energy vencedora no processo de arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia (TR-BA), e disse que avançará agora para fase de recursos no processo, segundo circular publicada no site da estatal.

No documento, ainda não divulgado via comunicado ao mercado em geral, a petroleira diz que a empresa norte-americana, a única licitante, apresentou todas as informações necessárias.

A Reuters publicou no início desta semana que o valor do negócio com a Excelerate Energy deveria ser de 102 milhões de reais, segundo fontes com conhecimento do assunto.

Localizado na Baía de Todos os Santos, o terminal de GNL da Petrobras na Bahia tem capacidade de regaseificação máxima de 20 milhões de metros cúbicos por dia.

A concessão do terminal na Bahia atende a um acordo firmado entre Petrobras e órgão antitruste Cade, uma vez que a companhia se comprometeu em colaborar com abertura do mercado de gás no país.

A nova empresa que vai assumir o terminal de GNL na Bahia irá instalar um navio no local, permitindo então que a Petrobras desloque um navio regaseificador da unidade baiana para o Terminal de Regaseificação de GNL de Pecém, no Ceará.

Anteriormente, para ajudar o Brasil a lidar com a crise hidrelétrica, a Petrobras deslocou seu navio regaseificador do terminal de Pecém para o terminal da Bahia, em um movimento que permitiu maior oferta de termoeletricidade.

Mais cedo nesta sexta-feira, a Petrobras informou ter convocado processo de acesso excepcional ao Terminal de Regaseificação de Gás Natural Liquefeito de Pecém, uma vez que não há atualmente no local um navio regaseificador.

A medida cumpre determinação de câmara do governo criada para lidar com a crise hídrica, para que seja alocado um navio regaseificador enquanto a outra embarcação da Petrobras está na Bahia, permitindo ampliar a oferta de GNL ao mercado e, com isso, a geração térmica.

(Por Marta Nogueira)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos