Mercado fechará em 3 h 3 min
  • BOVESPA

    110.556,18
    +1.712,44 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.715,00
    +157,35 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,45
    +0,16 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.777,70
    +13,90 (+0,79%)
     
  • BTC-USD

    42.530,08
    -1.364,49 (-3,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.060,33
    -3,52 (-0,33%)
     
  • S&P500

    4.371,04
    +13,31 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    34.102,26
    +131,79 (+0,39%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.088,00
    +78,50 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2033
    -0,0414 (-0,66%)
     

Petrobras contrata JPMorgan para vender participação na Braskem, dizem fontes

·1 minuto de leitura

Por Carolina Mandl e Tatiana Bautzer

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras contratou o JPMorgan como assessor para vender sua participação na petroquímica Braskem, disseram três fontes a par do assunto.

Na manhã desta quinta-feira, executivos da Petrobras disseram em teleconferência com investidores que tinham contratado assessores para vender sua fatia na Braskem, sem dar mais detalhes.

O conglomerado Novonor, antes conhecido como Odebrecht, retomou a venda do controle acionário da Braskem em abril, mas até agora não encontrou comprador.

Mesmo assim, Morgan Stanley, assessor da Novonor, recebeu propostas para alguns ativos da petroquímica. A empresa possui fábricas no Brasil, México e nos Estados Unidos.

Dada a complexidade de vender unidades da empresa para diferentes compradores, a Petrobras decidiu contratar um consultor para analisar possíveis negócios.

A Petrobras, que também tem interesse em vender sua participação na empresa, tem sido mais favorável a uma venda por meio de uma oferta de ações, mas a Novonor, como acionista controladora, prefere uma venda do ativo porque busca um prêmio por sua fatia controladora.

Em recuperação judicial, a Odebrecht precisa levantar recursos para pagar seus credores.

Há dois anos, um acordo de venda da Braskem para a Lyondell Basell Industries BV fracassou, pois a Braskem começou a enfrentar problemas ambientais relacionados às suas atividades de mineração na cidade de Maceió (AL).

A Petrobras não comentou o assunto imediatamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos