Mercado abrirá em 2 h 17 min
  • BOVESPA

    109.068,55
    -1.120,02 (-1,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.725,96
    -294,69 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,88
    +0,87 (+1,21%)
     
  • OURO

    1.794,70
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    16.818,23
    -7,91 (-0,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    394,92
    -7,11 (-1,77%)
     
  • S&P500

    3.933,92
    -7,34 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    33.597,92
    +1,58 (+0,00%)
     
  • FTSE

    7.482,20
    -6,99 (-0,09%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.531,75
    +22,25 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4745
    +0,0081 (+0,15%)
     

Petrobras assina contrato para construção da 10ª plataforma do campo de Búzios

Visão aérea de uma plataforma da Petrobras na Bacia de Campos, a P-52

SÃO PAULO (Reuters) -A Petrobras anunciou nesta terça-feira a assinatura de contrato com a Sembcorp Marine Rigs & Floaters para construção da P-82, décima plataforma a ser instalada no campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos.

De acordo com a Sembcorp Marine, o contrato tem valor de 3,1 bilhões de dólares.

A P-82, do tipo FPSO (unidade flutuante de armazenamento e transferência), terá capacidade para produzir até 225 mil barris de óleo por dia, processar até 12 milhões de metros cúbicos de gás por dia e armazenar mais de 1,6 milhão de barris.

O projeto prevê a interligação de 16 poços, sendo nove produtores e sete injetores, disse a Petrobras.

A P-82 está programada para entrar em operação em 2026 e integra uma nova geração de plataformas, que se caracterizam pela alta capacidade de produção e pelas tecnologias inovadoras de baixo carbono, disse a Petrobras.

A estatal brasileira é a operadora do campo de Búzios com 92,6% de participação, tendo como parceiras as chinesas CNOOC e CNODC (3,7% cada).

(Por Letícia Fucuchima; Edição de Aluísio Alves)