Mercado fechado

Petrobras assina aditivo com estatal boliviana YPFB para suprimento de gás

Rita Azevedo

O aditivo abre caminho para que estatal boliviana possa comercializar o excedente com outros agentes do mercado no Brasil A Petrobras assinou nesta sexta-feira um novo aditivo ao contrato de suprimento de gás natural (GSA) com a estatal boliviana Yacimientos Petrolíferos Fiscales (YPFB), referente ao volume de gás contratado em 1999, no início da operação do gasoduto Bolívia-Brasil.

Reprodução / Facebook

O aditivo prevê a redução da obrigação de fornecimento da YPFB para a Petrobras do volume atual diário de 30,08 milhões de metros cúbicos para 20 milhões de metros cúbicos, permitindo que a estatal boliviana possa comercializar o excedente com outros agentes do mercado no Brasil.

A assinatura do aditivo é mais uma etapa do termo de cessação de conduta assinado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).