Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.499,33
    +283,57 (+1,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Petrobras anuncia corte de preços de combustível de aviação e asfalto

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*Arquivo* SÃO PAULO, SP, 22.06.2022 - Preços de combustíveis em posto de São Paulo. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
*Arquivo* SÃO PAULO, SP, 22.06.2022 - Preços de combustíveis em posto de São Paulo. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (28) que cortará os preços do QAV (querosene de aviação), da gasolina de aviação e do asfalto a partir da próxima segunda-feira (28). Pela manhã, a empresa já havia anunciado redução do preço da gasolina.

O preço do querosene de aviação será reduzido em 2,6%. Já a gasolina de aviação, usada por aeronaves de menor porte, cairá 5,7%. O preço do asfalto será cortado em 4,5%.

Os ajustes de preços de QAV, gasolina de aviação e asfalto são mensais e definidos por meio de fórmula contratual negociada com as distribuidoras dos produtos.

O setor aéreo vinha reclamando das constantes altas nos preços, que têm impacto no preço das passagens. Já a escalada do preço do asfalto motiva pedidos de renegociação de contratos entre construtoras e o poder público.

No início do mês, a Abear (associação que representa companhias aéreas como Gol e Latam e Voepass) voltou a defender revisão na política de preços da Petrobras, depois que a estatal anunciou aumento de 3,9% no preço médio do QAV.

Em nota, a empresa esclareceu que os cortes serão feitos em preços praticados pelas refinarias, que vendem os produtos para distribuidoras, responsáveis por postos de abastecimento em aeroportos ou pela venda do asfalto aos consumidores finais.

"Importante ressaltar que o mercado brasileiro é aberto à livre concorrência, e não existem restrições legais, regulatórias ou logísticas para que outras empresas atuem como produtores ou importadores de QAV, asfalto e GAV [gasolina de aviação]", disse a Petrobras.

"Desse modo, o método de precificação busca o equilíbrio com o mercado e acompanha as variações do valor do produto e da taxa de câmbio, para cima e para baixo, mitigando a volatilidade diária das cotações internacionais e do câmbio."

Também acompanhando as cotações internacionais do petróleo, o preço da gasolina vendida pela Petrobras foi reduzido pela segunda vez este mês, com queda acumulada de 8,6%.

Na quarta (27), o colegiado aprovou proposta que lhe garante a atribuição de supervisionar o cumprimento da política de preços dos combustíveis vendidos pela estatal, com o objetivo de ampliar a blindagem contra interferências do governo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos