Mercado abrirá em 2 mins
  • BOVESPA

    99.621,58
    -969,83 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.061,61
    -373,84 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,38
    -0,40 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.819,60
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    19.228,28
    -788,35 (-3,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    412,10
    -27,57 (-6,27%)
     
  • S&P500

    3.818,83
    -2,72 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    31.029,31
    +82,32 (+0,27%)
     
  • FTSE

    7.173,36
    -138,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.557,25
    -133,75 (-1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4449
    +0,0343 (+0,63%)
     

Petrobras analisa currículo de Paes de Andrade, mas ainda não sabe se governo renovará conselho

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*Arquivo* Logomarca da Petrobras. Estatal analisa currículo de Paes de Andrade, mas ainda não sabe se governo renovará conselho. (Foto: Daniel Marenco/Folhapress)
*Arquivo* Logomarca da Petrobras. Estatal analisa currículo de Paes de Andrade, mas ainda não sabe se governo renovará conselho. (Foto: Daniel Marenco/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Petrobras recebeu esta semana os documentos para análise da indicação de Caio Paes de Andrade à presidência da companhia, mas o governo ainda não apresentou as outras sete indicações para o conselho de administração da companhia a que tem direito.

As indicações são consideradas essenciais pelo conselho atual para a convocação de assembleia de acionistas que avaliará o nome de Paes de Andrade, o que leva conselheiros a acreditar que o governo busca uma solução alternativa para acelerar a nomeação.

Essa solução poderia passar pela renúncia de um dos membros atuais do conselho para sua substituição por Paes de Andrade. Assim, sua nomeação dependeria apenas de uma reunião do colegiado, e não mais de uma assembleia de acionistas.

O presidente demitido da Petrobras, José Mauro Coelho, já avisou que não renunciará. O governo tem hoje outros cinco assentos no conselho, já que perdeu duas vagas para minoritários na assembleia que elegeu Coelho, em abril.

São eles: o presidente do colegiado, Márcio Weber, Luiz Henrique Caroli, Murilo Marroquim, Ruy Flacks Schneider e Sonia Villalobos.

Conselheiros ouvidos pela reportagem avaliam que não há impedimento legal para a manobra para acelerar a nomeação, que não deve enfrentar grande resistência dos minoritários por reduzir o clima de incerteza sobre o comando da companhia.

A análise de Paes de Andrade pelo Comitê de Pessoas da estatal ainda não foi concluída. Há, entre acionistas, a percepção de que seu currículo não atende às exigências estabelecidas pela Lei da Estatais, que foram incorporadas também pelo estatuto da companhia.

A lei exige experiência de dez anos na mesma área de atuação da empresa ou em área conexa; ou quatro anos na chefia em empresa de porte equivalente, cargo em comissão ou de confiança no setor público; ou cargo de docente ou de pesquisador em áreas de atuação da estatal para a qual foi nomeado.

Permite ainda a nomeação e indicados com quatro anos de experiência como profissional liberal em atividade direta ou indiretamente vinculada à área de atuação da empresa pública ou sociedade de economia mista.

Paes de Andrade construiu sua carreira em empresas de tecnologia, primeiro a PSINet Brazil e depois a Webforce Investimentos, da qual é sócio e que, segundo a Petrobras, apoiou mais de 30 startups. A estatal diz ainda que ele é "empreendedor em tecnologia de informação, mercado imobiliário e agronegócio".

Os documentos de Paes de Andrade foram enviados à Petrobras na terça (31) e não há um prazo definido para sua análise.

Conhecido como "background check de integridade", esse processo inclui não só a avaliação do currículo, também investiga se os candidatos são alvos de processos, têm dívidas ou tiveram atuação em partidos políticos, por exemplo.

Aos candidatos, é dado um prazo para que esclareçam eventuais dúvidas ou comprovem diligência para responder apontamentos sobre atividades anteriores feitas por órgãos de controle internos ou externos.

Em eleições anteriores, a Petrobras entendeu que o comitê tem papel apenas consultivo, isto é, seu parecer não tem poder de rejeitar um candidato, o que é papel dos acionistas. Com maioria das ações votantes, o governo tem a palavra final.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos