Mercado abrirá em 1 h 40 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,99
    -0,37 (-0,51%)
     
  • OURO

    1.782,20
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    49.127,05
    -1.121,18 (-2,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.283,27
    -21,85 (-1,67%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.326,10
    -10,95 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    24.254,86
    +257,99 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.725,47
    -135,15 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    16.339,50
    -52,75 (-0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2698
    -0,0043 (-0,07%)
     

Petrobras amplia investimento em restauração florestal

·1 min de leitura
Logo da Petrobras na sede da empresa no Rio de Janeiro

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras ampliará os investimentos em projetos voltados à restauração florestal em cerca de 50 milhões de reais, informou a petroleira em comunicado nesta quarta-feira.

O projeto terá como foco a restauração de floresta de espécies nativas nos biomas brasileiros, que contribuem para fixação de carbono, evitando emissões de gases de efeito estufa.

O investimento está previsto para os próximos cinco anos e faz parte da iniciativa Floresta Viva, que foi lançada nesta quarta-feira pelo BNDES em um fórum realizado na cúpula climática da ONU COP26, em Glasgow.

"A iniciativa Floresta Viva será operada sob o princípio da junção de recursos do BNDES com recursos de outras empresas. A parceria entre Petrobras e BNDES totalizará um investimento de 100 milhões de reais em cinco anos, para financiamento de projetos de reflorestamento", disse a Petrobras no comunicado.

(Por Laís Morais)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos