Mercado abrirá em 7 h 58 min

Petróleo volta a subir com alerta da AIE e com queda do dólar

Valor
·1 minuto de leitura

Reação inicial a relatório da agência foi de queda, mas releitura com foco na redução de oferta da commodity deu impulso aos preços Os preços do petróleo, que começaram o dia em leve queda, viraram e firmaram alta acima da faixa de US$ 40 o barril - um nível do qual o mercado não se afastou muito nos últimos quatro meses. Por volta das 11 horas, o contrato do Brent para dezembro subia 1,6%, para US$ 43,14 o barril, e o WTI para novembro ganhava 1,8%, a US$ 40,94. Após a Agência Internacional de Energia (AIE) ter dito que o mercado de petróleo está queimando o excesso de oferta que ameaçou paralisar a indústria global de energia há alguns meses, mas que os números crescentes de infecções por coronavírus colocam essa recuperação em risco, os investidores venderam a commodity. Mas, logo depois, a releitura focada no fornecimento deu impulso aos preços. Também ajuda a queda do dólar, depois da estabilidade inicial na sessão. O ICE Dollar Index (DXY) recua cerca de 0,30%, a 93,290 pontos. Ainda hoje saem os dados semanais de estoques dos EUA, que foram atrasados um dia devido ao feriado do Columbus Day na segunda-feira. A API, um grupo comercial privado, relata estes dados às 17h30. Pixabay