Petróleo do Texas fecha em leve queda de 0,05%

Nova York, 9 jan (EFE).- O petróleo do Texas fechou nesta quarta-feira em leve queda de 0,05%, aos US$ 93,1 por barril, após ser anunciado que as reservas do produto aumentaram nos Estados Unidos.

No fechamento do terceiro pregão da semana na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em fevereiro, os de mais próximo vencimento, diminuíram US$ 0,05 em relação ao fechamento de ontem.

O Departamento de Energia americano anunciou hoje que as reservas de petróleo aumentaram na semana passada em 1,3 milhões de barris e ficaram em 372,4 milhões.

O aumento do estoque, no entanto, foi menor do que esperarvam os analistas (1,5 milhão de barris). Por outro lado, a agência informou que as reservas de petróleo se encontram acima da média para esta época do ano e estão 8% maiores do que no mesmo período de 2012.

Estes dados influenciaram mais a cotação do petróleo de referência nos EUA do que o bom início da temporada de divulgação de resultados empresariais no país, que começou com os números melhores do que o previsto da produtora de alumínio Alcoa.

Em outros mercados, os contratos de gasolina com vencimento em fevereiro diminuíram US$ 0,02 e fecharam em US$ 2,77 por galão (3,78 litros), depois de ser anunciado que as suas reservas aumentaram em 7,4 milhões de barris (3,3%) e ficaram em 233,1 milhões na semana passada.

Já os contratos de gasóleo para calefação para entrega também em fevereiro subiram US$ 0,01 e fecharam em US$ 3,06 por galão, apesar do anúncio de que suas reservas subiram em 6,8 milhões de barris (5,5%) e ficaram em 130,8 milhões.

À espera da divulgação de suas reservas amanhã, os contratos de gás natural com vencimento em fevereiro caíram US$ 0,10 e terminaram em US$ 3,11 por cada mil pés cúbicos. EFE

Carregando...