Petróleo sobe em meio a tensão no Oriente Médio

Os contratos futuros do petróleo operam em alta na manhã desta quinta-feira, em meio a tensões no Oriente Médio e preocupações com o possível excesso de oferta num ambiente de demanda faca.

Às 10h17 (de Brasília), o contrato de petróleo para dezembro negociado na Nymex subia 0,05%, para US$ 86,36 o barril. Já na plataforma ICE, o petróleo do tipo Brent ganhava 1,09%, a US$ 110,80 o barril.

Segundo o Commerzbank, os ataques militares de Israel em Gaza mudaram desde ontem o foco dos investidores de volta para os riscos de oferta, causando a alta nos preços do petróleo.

Já a JBC Energy prevê que o prêmio de risco geopolítico dos futuros de petróleo provavelmente crescerá se a situação no Oriente Médio ganhar uma proporção maior.

De acordo com analistas, o petróleo também é pressionado por preocupações com o nível dos estoques dos EUA, o maior consumidor mundial da commodity. Às 14h (de Brasília), o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) vai divulgar os dados dos estoques norte-americanos referentes à semana passada. Ontem, o American Petroleum Institute estimou que os estoques dos EUA cresceram 1,35 milhão de barris no período, para 373,043 milhões de barris. As informações são da Dow Jones.

Carregando...