Petróleo sobe com busca por oportunidades após queda

Os contratos futuros de petróleo operam em alta, com os investidores em busca de oportunidades após o movimento negativo de quarta-feira (7), quando os preços tiveram a maior queda porcentual em um único dia deste ano. Analistas do VTB Capital esperam que os contratos permaneçam dentro de faixas estreitas de oscilação até o fim desta semana, com o brent entre US$ 104 e US$ 111 por barril e o petróleo negociado na Nymex entre US$ 84 e US$ 90 por barril.

A queda de ontem, que derrubou o petróleo na Nymex para a mínima em quatro meses, ocorreu à medida que os investidores transferiram o foco da reeleição de Barack Obama nos EUA para a questão do impasse fiscal no Congresso norte-americano. Dados que mostraram que a supertempestade Sandy teve um impacto maior sobre a demanda por gasolina do que sobre a oferta e a redução das previsões para o crescimento da economia europeia também pesaram sobre os preços do petróleo.

Denis Gartman, editor da Gartman Letter, destacou mais um fator negativo para a commodity: segundo ele, a Arábia Saudita cortou os preços de seu petróleo leve para entrega em dezembro. Gartman afirmou que a Arábia Saudita pretendia tornar seu petróleo mais competitivo nos EUA, mas conseguiu apenas provocar queda nos preços dos contratos negociados nos EUA.

Do ponto de vista da demanda, os participantes do mercado vão manter as atenções na nova tempestade que atinge a Costa Leste dos EUA, onde os efeitos da supertempestade Sandy ainda estão sendo sentidos nos mercados de petróleo bruto e derivados. A decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), prevista para as 10h45 (de Brasília).

A JBC Energy observou que notícias negativas sobre a oferta do Iraque - onde a disputa do governo com o Curdistão está afetando o sentimento dos investidores - e de vários países da América do Sul - como o Brasil, onde a Chevron teve seus ativos congelados e sua produção tem sido desanimadora - podem acabar se tornando mais relevantes para o saldo global de petróleo.

Às 9h55 (de Brasília), o petróleo para dezembro negociado na Nymex subia 1,03%, para US$ 85,31 por barril, e o brent para dezembro avançava 0,81% na ICE, para US$ 107,68 por barril. As informações são da Dow Jones.

Carregando...