Petróleo sobe 0,71% e fecha no maior nível em 4 meses

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam no maior nível em quatro meses nesta terça-feira, com o avanço do mercado de ações provocando esperança entre os investidores de maior crescimento econômico.

O contrato de petróleo para fevereiro ganhou US$ 0,68 (0,71%), terminando a US$ 96,24 o barril. Na plataforma eletrônica ICE, o barril do petróleo do tipo Brent para março teve valorização de US$ 0,68 (0,60%), encerrando a sessão a US$ 112,39.

Os mercados de commodity costumam usar o mercado de ações como termômetro das expectativas dos investidores sobre o futuro da economia e da demanda. Nesta sessão, as Bolsas de Nova York se recuperaram das perdas do início do pregão e operavam em alta. "O petróleo está sendo negociado em alta, assim como as ações", disse Bob Yawger, do Mizuho em Nova York.

Os preços do petróleo subiram cerca de 8% desde o início de dezembro com a perspectiva de maior demanda global pela commodity e em meio às preocupações de que a crise de reféns na Argélia possa marcar um novo período de violência na região, rica em petróleo.

Alguns analistas afirmam, no entanto, que, sem maior apoio do mercado de ações e de um dólar mais fraco, o petróleo não deve avançar mais se a demanda permanecer nos níveis atuais.

Os investidores aguardam a divulgação dos estoques comerciais de petróleo dos Estados Unidos pelo American Petroleum Institute (API), às 19h30 (horário de Brasília). As informações são da Dow Jones.

Carregando...