Mercado fechará em 1 min

Petróleo recua com temores sobre a pandemia, mas anota ganhos na semana

André Mizutani
·1 minuto de leitura

O Brent conseguiu segurar leves ganhos de 0,18% na semana, enquanto o WTI subiu 0,68% no período Os contratos futuros do petróleo fecharam a semana em alta, mas recuaram na sessão desta sexta-feira (16) com os temores crescentes em torno da aceleração do ritmo de contaminações por covid-19 nos Estados Unidos e na Europa. O contrato do petróleo Brent para dezembro fechou em queda de 0,53%, a US$ 42,93 por barril, na ICE, em Londres, enquanto o do petróleo WTI para novembro recuou 0,19%, a US$ 40,88 por barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York. O Brent conseguiu segurar leves ganhos de 0,18% na semana, enquanto o WTI subiu 0,68% no período, apesar dos temores de que a aceleração do ritmo de contaminações leve os países a fechar novamente as suas economias, ameaçando mais uma vez a recuperação da demanda. Os investidores demonstram receios com a aceleração do número de novos casos de covid-19, que levou à imposição de novas medidas de contenção na França e no Reino Unido, incluindo um toque de recolher em Paris e a novas restrições a aglomerações em Londres. Os Estados Unidos também começaram a registrar uma aceleração do ritmo de contaminações, com o país anotando mais de 60 mil casos diários pela primeira vez em mais de dois meses, com Estados como Ohio, Wisconsin e Michigan sendo severamente atingidos. "Um aumento dos casos [de covid-19] na Europa está apenas exacerbando as perspectivas sombrias para o crescimento e para a demanda por combustíveis", disse Alexander Turro, da RJO, à Dow Jones Newswires.