Petróleo oscila antes de dado de estoques dos EUA

Os contratos futuros de petróleo operam sem direção única na manhã desta quinta-feira com os investidores aguardando os dados oficiais de estoques dos EUA na ausência de outras notícias com potencial de influenciar o mercado.

Às 9h17 (de Brasília), o contrato do petróleo do tipo Brent para março recuava 0,28%, para US$ 112,48 o barril, na ICE, em Londres. Já na Nymex, o contrato do petróleo para março avançava 0,26%, para US$ 95,48 o barril.

Segundo números divulgados na noite de quarta-feira pelo American Petroleum Institute (API), do setor privado, os estoques norte-americanos de petróleo bruto cresceram em 3,166 milhões de barris na semana passada, para 364,049 milhões de barris.

Mais tarde, às 14h (de Brasília), o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) divulga seus dados e a previsão é que os estoques semanais tenham apresentado alta de 1,7 milhão de barris.

Andrey Kryuchenkov, analista da VTB Capital, espera também que a taxa de utilização da capacidade de refinarias dos EUA caia ainda mais e permaneça abaixo de 88%. Para Kryuchenkov, a queda na taxa e importações maiores de petróleo dos EUA vão ajudar a elevar os estoques, o que pode arrastar os preços da commodity para baixo.

Além disso, o Brent pode ficar pressionado pela alta programada na produção no Mar do Norte, que deverá subir em fevereiro para o maior nível em vários meses, depois de cair ao longo deste mês, segundo especialistas da JBC Energy. As informações são da Dow Jones.

Carregando...