Petróleo opera em queda e dólar se fortalece

O petróleo opera em baixa enquanto o dólar se fortalece diante do euro, o que torna os contratos denominados na moeda norte-americana mais caros para portadores de outras divisas. Os investidores estão observando a reunião do G-20, nesta sexta-feira e no sábado (16) em Moscou, em busca de respostas aos crescentes receios de que políticas monetárias agressivas de estímulo econômico possam provocar uma guerra cambial.

"Parece que a tendência de baixa está aí para ficar", afirmou Myrto Sokou, analista da Sucden Financial. O euro atingiu as mínimas em três semanas na quinta-feira (14) depois da divulgação de dados que mostraram que a economia da zona do euro teve contração maior do que a prevista no fim de 2012. Às 9h17 (de Brasília), o euro caía para US$ 1,3326, de US$ 1,3363 no fim da tarde de quinta-feira (14).

Andrey Kryuchenkov, vice-presidente de pesquisas com commodities do VTB Capital, acredita que os preços do brent continuarão voláteis abaixo das máximas atingidas neste mês. Nesta sexta-feira os investidores aguardarão os dados sobre a produção industrial dos Estados Unidos.

Analistas do JBC Energy disseram em comunicado que o mercado de petróleo está enviando sinais divergentes, com percepções de que os acontecimentos no Oriente Médio tendem a sustentar os preços, embora a demanda física tenha se enfraquecido substancialmente.

Às 9h17, o petróleo para março negociado na Nymex caía 0,67%, para US$ 96,66 por barril, e o brent para abril recuava 0,36% na ICE, para US$ 117,57 por barril. As informações são da Dow Jones.

Carregando...