Petróleo opera em alta em reação a acordo nos EUA

Os contratos de petróleo operam em alta depois de o Congresso dos EUA anunciar um acordo para evitar aumentos de impostos e cortes de gastos previstos para começarem esta semana, que poderiam dificultar a recuperação da economia do país que mais consome petróleo no mundo.

O Congresso aprovou um acordo de última hora, mas algumas questões permaneceram não resolvidas. Como a solução encontrada é apenas temporária, o nervosismo no mercado de petróleo pode ressurgir em breve, segundo Ole Hansen, diretor de estratégia de commodities do Saxo Bank. "Acho que existe a possibilidade de perdermos a força bem rapidamente", comentou.

Segundo Hansen, o rali desta quarta-feira não deve empurrar o preço do petróleo tipo brent para mais de US$ 113,50 por barril, especialmente tendo em vista a perspectiva de oferta ampla e demanda fraca.

Às 9h12 (de Brasília), o petróleo para fevereiro negociado na Nymex subia 0,96%, para US$ 92,70 por barril, e o brent para fevereiro avançava 0,54% na ICE, para US$ 111,71 por barril. Ambos chegaram a subir mais de 1% no começo do dia. As informações são da Dow Jones.

Carregando...