Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,37
    +0,61 (+0,73%)
     
  • OURO

    1.793,90
    -2,40 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    61.763,32
    +729,78 (+1,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    25.955,98
    -170,95 (-0,65%)
     
  • NIKKEI

    28.596,38
    -208,47 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    15.332,75
    -8,25 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5773
    -0,0035 (-0,05%)
     

Petróleo dando continuidade a alta após acionar pivô.

·2 minuto de leitura

Desde novembro de 2020, quando o petróleo tocou pela última na média móvel de 200 períodos, o preço vem subindo com força, e, pela inclinação da média longa, fica claro que a tendência primária do ativo é de alta.

Entretanto, desde o dia seis de julho, quando o petróleo fez seu último topo mais importante, o ativo vem trabalhando sem uma direção clara. Conforme observado no gráfico, após regredir até o fundo anterior, o preço subiu e ficou oscilando dentro das retrações de Fibonacci.

Com o movimento realizado nas últimas duas semanas fica evidente que um pivô de alta foi acionado rompendo a retração de 61,8% de Fibonacci, além disso, o fundo do pivô respeitou a média móvel de 20 períodos, o que gera ainda mais força para o padrão altista.

Outro ponto que deve ser observado no gráfico diário, é que o alvo de 100% do pivô acionado ontem, coincide com o topo gerado no dia seis de julho, e se este topo vier a ser rompido, o terceiro alvo fica próximo a marca dos 80 dólares por barril.

Compra forte no gráfico horário.

No gráfico horário é possível observar como o movimento altista foi forte na manhã de ontem, alcançando em apenas duas barras o alvo de 100% do pivô formado sobre a média móvel de 20 períodos. Com este forte movimento a linha que indica o topo anterior no gráfico diário também foi superada, ou seja, o pivô do gráfico diário também havia sido acionado.

Desde então o PetróleoBrent permanece trabalhando em uma consolidação, mas a média móvel de 20 períodos acabou de chegar nos preços e caso o ativo supere a região de consolidação, estará acionando um padrão forte de compra conhecido como power breakout, o que pode contribuir para que o ativo alcance os alvos do gráfico diário.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos