Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -0,21 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    24.317,44
    -160,22 (-0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,22 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,68 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +2,25 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Petróleo cai US$ 3 com estoques de gasolina nos EUA, aumentos de taxas e retomada da oferta

Por Laila Kearney

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo caíram mais de 3 dólares o barril nesta quinta-feira devido aos maiores estoques de gasolina nos EUA e depois que um aumento da taxa do Banco Central Europeu (BCE) alimentou as preocupações sobre demanda, enquanto o retorno do fornecimento de petróleo da Líbia e a retomada dos fluxos de gás da Rússia para a Europa aliviaram as restrições de oferta.

Os futuros do petróleo Brent fecharam em 103,86 dólares o barril, queda de 3,06 dólares, ou 2,9%. O petróleo bruto WTI, dos EUA, fechou em 96,35 dólares por barril, recuo de 3,53 dólares, ou 3,5%.

Ambas as referências caíram mais de 5 dólares no início da sessão.

Os futuros de gasolina dos EUA fecharam em 3,15 dólares, perdendo 13 centavos, ou 3,8%, após um salto de 3,5 milhões de barris da commodity em estoques na semana passada, mostraram dados do governo dos EUA na quarta-feira, superando em muito as previsões de analistas.

"Se você não precisa de gasolina, então você não precisa do petróleo bruto para fazer a gasolina, e essa é a matemática que está matando o petróleo bruto agora", disse Robert Yawger, diretor executivo de futuros de energia da Mizuho.

Os volumes de negociação de futuros de petróleo também têm sido escassos e os preços voláteis, já que os traders tentam conciliar a demanda de energia mais fraca com uma oferta mais apertada resultante da perda de barris russos após a invasão da Ucrânia pelo país.

Os fluxos através do gasoduto de gás natural Nord Stream 1 da Rússia, que corre sob o Mar Báltico até a Alemanha, foram parcialmente retomados depois de serem fechados para manutenção em 11 de julho. O gasoduto já operava com volumes reduzidos após uma disputa desencadeada pela invasão da Ucrânia pela Rússia.

(Com reportagem adicional de Shadia Nasralla e Rowen Edwards em Londres e Florence Tan em Cingapura)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos