Mercado abrirá em 6 h 22 min

Petróleo cai mais de 3% com temores sobre demanda na China por Covid

Um funcionário da Cairn India trabalha em uma instalação de armazenamento de petróleo bruto no campo de Mangala em Barmer, no deserto de Rajasthan

Por Arathy Somasekhar

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo caíram mais de 3% nesta quinta-feira, com as novas medidas de bloqueios contra Covid-19 na China aumentando as preocupações de que a alta inflação e os avanços das taxas de juros estão prejudicando a demanda por combustível.

Os futuros do petróleo Brent recuaram 3,28 dólares, ou 3,4%, para 92,36 dólares por barril.

Os contratos do petróleo nos EUA caíram 2,94 dólares, ou 3,3%, para 86,61 dólares por barril.

"A demanda por petróleo do mundo ocidental, assim como a da China, está estagnada, enquanto a oferta está se expandindo de forma incremental, em grande parte devido ao boom do xisto dos EUA", disse Norbert Rucker, analista da Julius Baer.

A atividade fabril da Ásia caiu em agosto, com as restrições por "Covid zero" e as pressões de custo da China que continuaram prejudicando os negócios, mostraram pesquisas nesta quinta-feira, afetando as perspectivas para a frágil recuperação da região.

O principal índice de ações europeu caiu para mínimas de sete semanas, com o aumento das preocupações sobre aumentos agressivos de juros para combater a inflação recorde.

(Reportagem de Arathy Somasekhar; com reportagem adicional de Ahmad Ghaddar em Londres e Yuka Obayashi em Tóquio)