Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.438,47
    +34,35 (+0,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Petróleo cai 5% por temor de recessão e queda do preço da gasolina nos EUA

Polo de armazenagem de combustíveis no Japão

Por Scott DiSavino

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo caíam cerca de 5% nesta sexta-feira, para uma mínima de três semanas, pressionados por uma queda nos contratos futuros de gasolina dos EUA, já que os aumentos das taxas de juros dos principais bancos centrais alimentaram as preocupações com uma forte desaceleração econômica.

Por volta das 13h (horário de Brasília), os contratos futuros do Brent 4,3%, para cerca de 114 dólares o barril, após recuarem aproximadamente 5% mais cedo, enquanto o petróleo nos EUA perdia 6,22 dólares, ou 5,2%, para 111,43 dólares.

O Brent estava a caminho de sua primeira queda semanal em cinco semanas, enquanto o WTI pode registrar o primeiro declínio em oito semanas, à medida que crescem as preocupações de que os aumentos das taxas de juros possam causar uma recessão.

Esses temores ajudaram a pressionar os futuros de gasolina dos EUA, que caíram 7%, com analistas preocupados que os altos preços da gasolina começariam a afetar a demanda pelo combustível.

O grupo automobilístico AAA disse que o preço do diesel na bomba atingiu um recorde de 5,798 dólares por galão na sexta-feira, enquanto o preço da gasolina atingiu seu recorde de 5,016 dólares no início da semana.

(Reportagem adicional de Bozorgmehr Sharafedin em Londres, Arathy Somasekhar em Houston e Jeslyn Lerh em Cingapura)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos