Mercado abrirá em 7 mins
  • BOVESPA

    106.667,66
    +293,79 (+0,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.232,20
    -741,07 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,67
    +1,24 (+1,45%)
     
  • OURO

    1.819,10
    +6,70 (+0,37%)
     
  • BTC-USD

    41.959,57
    +132,99 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    996,29
    -13,10 (-1,30%)
     
  • S&P500

    4.577,11
    -85,74 (-1,84%)
     
  • DOW JONES

    35.368,47
    -543,34 (-1,51%)
     
  • FTSE

    7.582,88
    +19,33 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    24.127,85
    +15,07 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    27.467,23
    -790,02 (-2,80%)
     
  • NASDAQ

    15.251,25
    +45,25 (+0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3225
    +0,0154 (+0,24%)
     

Petistas pressionam para Rogério Carvalho ser impedido de lançar candidatura em Sergipe

·2 min de leitura
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 29.06.2021 - O senador Rogério Carvalho (PT-SE) durante entrevista à Folha de S.Paulo em seu gabinete, em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 29.06.2021 - O senador Rogério Carvalho (PT-SE) durante entrevista à Folha de S.Paulo em seu gabinete, em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Petistas têm pressionado a direção do partido para punir o senador Rogério Carvalho (PT-SE), que, contrariando a orientação da sigla e o posicionamento dos colegas de bancada, votou a favor das emendas de relator na segunda-feira (29).

Seu voto foi decisivo para a aprovação apertada do projeto de resolução que busca atender a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) a respeito das emendas de relator, verbas que se tornaram moeda de negociação política do governo Jair Bolsonaro com parlamentares.

O texto manteve o controle da distribuição das emendas na cúpula do Congresso e reforçou que as medidas de transparência valem apenas daqui para frente. Ou seja, ele mantém secretos os parlamentares que indicaram as chamadas emendas RP9 em 2020 e 2021.

O projeto foi aprovado no Senado com 34 votos a favor e 32 votos contrários.

A expulsão de Carvalho do PT é considerada exagerada, mas os pedidos para que a sigla não lance seu nome como candidato a governador de Sergipe têm multiplicado. Procurado pela reportagem, Jilmar Tatto, secretário de Comunicação do PT, confirma.

"Não é caso de expulsão, mas tem gente no PT achando que agora ele não deve ser candidato a governador", afirma.

Valter Pomar, historiador e ex-secretário de Relações Internacionais do PT, escreveu que "cabe à bancada do PT no Senado ou ao Diretório Nacional do PT, convocado para o dia 16 de dezembro de 2021, punir o senador. Ou, pelo menos, conceder-lhe o troféu 'cretinismo parlamentar 2021'".

Presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR) disse à reportagem que o voto de Carvalho foi "muito grave".

Ela acrescentou que, caso haja punição, decorrerá da decisão de instância partidária.

Nesta terça (30), Carvalho disse que seu voto se deu por reprovação à ingerência do STF sobre o Senado.

"Somos uma casa parlamentar. O que foi aprovado foi aprovado por unanimidade. E houve uma ingerência, uma forma de outro poder ingerir sobre o Legislativo. Como membro da Mesa do Senado Federal, que subscrevi todas as ações junto com os demais membros ao STF, caberia a mim ter a coerência na defesa da institucionalidade do Congresso", disse Carvalho durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça.

Ele também afirmou que vai apresentar nova proposição para extinguir as emendas de relator.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos