Mercado abrirá em 4 h 50 min

Pessoas procuram restos de alimentos em caminhão de lixo no Rio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um grupo de pessoas foi visto procurando restos de alimentos em um caminhão de coleta de lixo na tarde desta segunda-feira (11) na cidade do Rio de Janeiro.

A cena foi registrada pelo fotojornalista Onofre Veras. Em uma imagem, é possível ver cinco pessoas buscando comida em meio ao lixo armazenado no caminhão.

Conforme Veras, a cena ocorreu por volta das 14h na rua do Rezende, região central do Rio. O veículo recolhia alimentos que teriam sido descartados por um supermercado.

Com o avanço da inflação e a perda de renda dos brasileiros, cenas como essa ganharam repercussão ao longo da pandemia no país.

Em 2021, um caminhão passou a distribuir ossos e restos de carne na zona sul do Rio para moradores que tinham fome e não possuíam dinheiro suficiente para comprar alimentos.

Outras metrópoles também registraram filas em busca de doações de restos de ossos de boi durante a crise.

Atualmente, 33 milhões de pessoas passam fome no país, apontou o 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, divulgado em junho. O contingente é similar ao registrado 30 anos atrás. Em 1993, eram 32 milhões nessa situação.

Em 2021, os 5% mais pobres do país viram a renda mensal domiciliar per capita (por pessoa) despencar para R$ 39 em média.

O tombo foi de 33,9% ante 2020 (R$ 59), o mais intenso entre as camadas da população investigadas em uma pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a Pnad Contínua: Rendimento de Todas as Fontes 2021.

Como mostrou reportagem do jornal Folha de S.Paulo, os R$ 39 não eram suficientes nem para comprar duas unidades do famoso prato feito, o pê-efe, ou um quilo de carne de primeira por mês em uma metrópole como São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos