Mercado fechará em 6 h 24 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,94
    +0,37 (+0,56%)
     
  • OURO

    1.779,30
    -5,00 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    56.510,46
    -720,42 (-1,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.441,87
    -27,21 (-1,85%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.108,16
    -60,52 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.840,00
    -29,75 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4191
    -0,0277 (-0,43%)
     

Pesquisa do Waze revela prática peculiar dos usuários do aplicativo

·2 min de leitura

O Waze é uma das maiores invenções da humanidade para quem precisa andar de carro nas grandes cidades. Exageros à parte, é fato que o app ajuda a evitar congestionamentos e a encontrar as melhores rotas para chegar seguro a um destino. Segundo dados da empresa, cerca de 50% dos usuários costumam abrir o app quando há congestionamento na via para entender o motivo disso e quase 60% deles usam o app em viagens mais longas ou em rodovias.

O aplicativo que pertence ao Google não funciona apenas como um GPS tradicional, pois traz alguns dados em tempo real fundamentais para navegação mais segura, como acidentes, blitzes, buracos na via e congestionamentos. A plataforma também alerta sobre a importância de ligar os faróis, se atentar aos pedágios à frente, limite de velocidade da via e rodízio de veículos.

Muito mais do que a rota, o app também revela lentidão, acidentes e outros perigos (Imagem: Captura de tela/Canaltech)
Muito mais do que a rota, o app também revela lentidão, acidentes e outros perigos (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Mitos e verdades do Waze

Além destes dados, a empresa identificou alguns mitos e verdades baseados em dúvidas comuns das pessoas. Por exemplo: muita gente acha que o programa usa muitos dados móveis, o que é verdade em certo ponto, mas a companhia alega manter parceria com as principais operadoras para incluir essa transferência na maioria dos pacotes.

Outra questão interessante é sobre a frequência de atualização do serviço: ela ocorre diariamente pela comunidade, ou seja, os próprios usuários e os chamados "editores de mapa". A plataforma tem mais de 850 pessoas que se dedicam a inserir desvios, modificar ruas com mão invertida e alterar os locais de radares eletrônicos.

Desse total de voluntários, o app subdivide em cinco comunidades, cada qual com sua atuação fundamental:

  • os editores de mapa fazem os ajustes nas ruas e avenidas;

  • os testadores beta experimentam novos recursos antes de chegar para os 140 milhões de usuários ativos da plataforma;

  • os localizadores traduzem o aplicativo e seus recursos para 56 idiomas;

  • os parceiros são empresas e órgãos públicos que utilizam os dados do app para tomar decisões de mobilidade urbana;

  • Os carpoolers usam e ajudam a educar outros usuários sobre como funciona o sistema de caronas do Waze.

Outro mito desvendado pela pesquisa do Waze é sobre o caminho apontado pelo app, pois há quem diga que ele nem sempre é bom. Conforme o programa de GPS social, o trajeto do motorista é recalculado a todo momento para entregar sempre a rota mais rápida naquele instante, levando em conta congestionamentos e acidentes, por isso ele nem sempre será o mais rápido todo tempo.

Você também usa o Waze para dar uma checada porque o trânsito está parado, não é? Tem algum outro uso curioso que você faça do app? Deixe o seu comentário nas redes sociais do Canaltech.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos