Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,30
    +0,23 (+0,32%)
     
  • OURO

    1.800,90
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    34.733,94
    +753,68 (+2,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,82 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.108,50
    +10,50 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1221
    +0,0005 (+0,01%)
     

Pesquisa aponta crescimento de adeptos dos eSports no Brasil

·2 minuto de leitura
Pesquisa aponta crescimento de adeptos dos eSports no Brasil
Pesquisa aponta crescimento de adeptos dos eSports no Brasil

O isolamento social exigido pela pandemia de Covid-19 contribuiu para um incremento na prática de eSports no país. A constatação é da 8ª edição da Pesquisa Game Brasil (PGB), divulgada no dia 22 de junho. Segundo o levantamento, o número de adeptos de jogos do gênero cresceu 10,7% em relação ao indicador do ano anterior. O levantamento ouviu 12.498 pessoas em 26 estados e no Distrito Federal. As entrevistas foram realizadas entre os dias 7 e 22 de fevereiro deste ano.

Leia mais:

A pesquisa apontou que o percentual de gamers brasileiros que conhecem e praticam a modalidade saltou de 44,7% para 55,4%, entre 2020 e 2021. “Como o entretenimento em outros setores freou com a pandemia, os eSports ganharam maior visibilidade”, analisa Carlos Silva, Head de Gaming na GoGamers, empresa especializada em game marketing, gamificação e desenvolvimento de jogos.

Crédito: PGB 2021/Divulgação
Crédito: PGB 2021/Divulgação

Essa maior projeção no período também incrementou o conhecimento sobre a modalidade, se refletindo na prática dos eSports e no consumo de conteúdo relacionado a ela entre os gamers no Brasil. A PGB 2021 revela que assistir a partidas competitivas entrou na rotina de parte dos jogadores ao longo de 2020. Enquanto 12,8% dos entrevistados que conhecem eSports consomem conteúdo relacionado à modalidade diariamente, 18,2% fazem isso duas vezes por semana, e 17,8% uma vez por semana.

Além disso, o consumo de conteúdo relacionado ao assunto ultrapassa a média de três horas semanais para 29% da audiência e chega a duas horas semanais para 24,7% do público consumidor de eSports no Brasil. Esse dado tem relação direta com a duração das partidas realizadas em torneios, que costumam ser longas. Somente 14,3% dos entrevistados afirmaram não acessar transmissões de partidas ou consumir outro tipo conteúdo relacionado a eSports.

Um aspecto observado no mapeamento é que uma parcela expressiva de jogadores enxerga os eSports como possível carreira, sendo que 30,5% dos jogadores receberam premiações em dinheiro ao participar de competições. “Muitos jovens sonham em se tornar pro players, movimento que atrai a atenção de marcas e clubes esportivos tradicionais” comenta Carlos Silva.

Os favoritos dos eSports

Os battle royale, a exemplo de ‘Free Fire’, ‘Fortnite’ e ‘Call of Duty: Warzone’, são o gênero que mais desperta o interesse do público de eSports no Brasil, aponta a PGB 2021. Essa categoria tem a preferência de 53,5% dos entrevistados. Na sequência estão jogos de futebol e de luta, com 44,5% e 37,7%, respectivamente.

‘Free Fire’, aliás, é o título mais conhecido do público. O battle royale para dispositivos móveis foi citado por 70,9% dos entrevistados, seguido bem de perto por ‘Call of Duty: Cold War’ (69,4%) e ‘Call of Duty: Warzone’ (68,8%).

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos