Mercado fechado

Pesquisa: 38% dos norte-americanos não comprariam a cerveja Corona

(Foto: Getty Images)

Além de um problema de saúde pública, o coronavírus atinge também a diversos setores da economia.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

A marca de cerveja Corona já começa a sentir os efeitos de ter o mesmo nome do vírus que se espalha pelo planeta.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

A empresa 5W divulgou uma pesquisa que aponta que 38% dos americanos não comprariam uma cerveja Corona “em nenhuma hipótese”. Outros 14% não comprariam essa cerveja em público. Já o instituto YouGov indicou que a intenção de consumir uma cerveja Corona atingiu o menor nível em dois anos.

Leia também

A explosão do coronavírus não poderia vir em pior momento para a Constellation, dona da Corona. A empresa gastou 40 milhões de dólares para lançar um novo sabor da bebida. Em comunicado, a companhia disse entender que “não há nenhuma conexão entre o vírus e o nosso negócio  e que as vendas de Corona continuam fortes”.

As ações da Constellation caíram 8% nesta quinta-feira. O número de casos da doença chegou a mais de 83 mil no mundo - 3 mil pessoas morreram.