Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    52.980,64
    -3.615,57 (-6,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Pescadores franceses anunciam bloqueio de portos e túnel do Canal da Mancha

·1 min de leitura
(Arquivo) O barco-pesqueiro francês "Le Marmouset III" em atuação no Canal da Mancha, em 28 de setembro de 2020 (AFP/Nicolas GUBERT)

O comitê nacional de pesca da França anunciou nesta quinta-feira (25) que bloqueará na sexta-feira os acessos a três portos no Canal da Mancha, e também ao Eurotúnel, em uma espécie de "advertência" para exigir a concessão rápida de licenças de pesca pós-Brexit.

"Não queremos esmolas, apenas queremos recuperar nossas licenças. O Reino Unido deve respeitar o acordo pós-Brexit. Há muitos pescadores que continuam sem trabalho", declarou Gérard Romiti, presidente do comitê nacional, em entrevista coletiva.

No mar, os pescadores bloquearão a chegada das balsas a três portos no canal: Saint-Malo, Ouistreham e Calais. Em terra, também impedirão o acesso dos caminhões de carga ao terminal do Eurotúnel durante algumas horas.

Segundo o comitê, o movimento é uma resposta à atitude "provocadora" e "humilhante" dos britânicos.

"A questão das licenças é a árvore que esconde a floresta e as relações com o Reino Unido, no longo prazo, dependerão de sua resolução", advertiu.

O governo britânico, por sua vez, reagiu imediatamente ao anúncio do bloqueio. "Estamos decepcionados pelas ameaças de protestos. Corresponderá aos franceses velar para que não sejam cometidos atos ilegais e para que o comércio não seja afetado", disse um porta-voz do Reino Unido.

Em virtude do acordo do Brexit firmado no fim de 2020 entre Londres e Bruxelas, os pescadores europeus podem continuar suas atividades em águas britânicas desde que consigam comprovar que já pescavam ali antes.

No entanto, franceses e britânicos ainda não chegaram a um acordo sobre a natureza e o alcance das provas que devem ser apresentadas.

sb/ico/nth/mab-sag/jvb/rpr/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos