Mercado fechará em 3 h 32 min
  • BOVESPA

    109.717,32
    -415,21 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.030,36
    -170,23 (-0,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,28
    -0,43 (-0,94%)
     
  • OURO

    1.806,60
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    17.157,43
    -821,74 (-4,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    335,22
    -35,30 (-9,53%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.365,97
    -25,12 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    26.819,45
    +149,70 (+0,56%)
     
  • NIKKEI

    26.537,31
    +240,45 (+0,91%)
     
  • NASDAQ

    12.191,50
    +39,25 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3236
    -0,0141 (-0,22%)
     

Pescador mata jacaré de 4 metros que o 'atormentava' há três anos

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Animal de 4 metros de comprimentos e de quase 500 quilos (Foto: Reprodução)
Animal de 4 metros de comprimentos e de quase 500 quilos (Foto: Reprodução)

Um pescador matou um jacaré de quatro metros de comprimento que o "atormentava" havia três anos, segundo ele. O bicho foi morto no Rio Apalachicola, na Flórida, nos Estados Unidos, no dia 13 de agosto.

"Em três vezes, nos últimos dois meses, estava lá pescando (no rio) e o jacaré me perseguiu", disse Corey Capps à rede CNN. "Era algo entre mim e ele. Algo estava para acontecer entre nós dois", acrescentou.

No mês passado, o americano estava com a mulher pescando no rio quando avistou o jacaré. Corey contatou seu amigo Rodney Smith e voltou ao local. Rodney tem licença para caçar jacarés na Flórida.

Leia também

Nesse dia, porém, a dupla não teve sucesso. No dia seguinte, 13 de outubro, os amigos conseguiram perfurar o corpo do réptil com um arpão e depois golpeá-lo com um bastão de madeira.

Segundo Corey, o animal tinha 4 metros de comprimentos e peso de quase 500 quilos.

Corey guardou as patas dianteiras e a cabeça como "prêmio" e vendeu o restante do corpo a uma empresa de processamento de animais em Tallahassee (Flórida).