Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,38 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,17 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,53
    -0,18 (-0,39%)
     
  • OURO

    1.788,10
    -23,10 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    17.018,22
    +293,42 (+1,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,29
    -4,21 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,90 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,23 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,40 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.257,50
    +105,25 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3746
    +0,0347 (+0,55%)
     

Peruana Credicorp aumenta opções ESG com fundo de oncologia

Ezra Fieser
·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Credicorp Capital Asset Management aposta em novos fundos para capturar a demanda crescente por investimentos sustentáveis, enquanto realinha seu portfólio de US$ 9 bilhões para atender aos padrões ambientais, sociais e de governança, ou ESG na sigla em inglês.

A Credicorp, com sede no Peru, uma das maiores gestoras de ativos da região andina, começará a oferecer um fundo de oncologia composto por fundos focados em empresas que desenvolvem tratamentos para o câncer, disse Galantino Gallo, diretor de investimentos da empresa. A gestora desenvolve outras opções de investimento que poderão ser lançadas no próximo ano, disse.

A Credicorp reformula sua estratégia de investimento depois de se unir aos Princípios para o Investimento Responsável das Nações Unidas em junho, que tem o apoio de mais de 3 mil empresas de investimento. Como parte da abordagem, a empresa utiliza uma tabela de desempenho para avaliar investimentos com base em se as empresas estão cumprindo metas como cortar emissões de carbono, priorizar a diversidade em conselhos corporativos e limitar o desmatamento, disse Gallo.

“Com o envolvimento no ESG, acreditamos que podemos obter melhores retornos”, afirmou. “A longo prazo, reduz o risco de baixa.”

Embora o investimento em ESG esteja crescendo em popularidade no mundo todo, há poucas evidências de que compense. O índice MSCI que acompanha as principais empresas ESG, acumula retorno de 7,1% neste ano, ligeiramente abaixo do ganho de 7,2% do índice MSCI World. As ações da Credicorp caíram cerca de 45% desde janeiro nas negociações de Nova York, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

Gallo disse que o setor precisa se concentrar em educar as empresas, principalmente as pequenas, bem como os investidores sobre ESG. A própria Credicorp conduz um processo de vários anos para a aplicação dos padrões ao seu portfólio. Seus fundos de ações usam as pontuações para avaliar possíveis investimentos, com apenas alguns poucos casos destacados até agora, disse.

Em breve os fundos de renda fixa da empresa e os investimentos alternativos adotarão os padrões. No final, a Credicorp aplicará esses parâmetros em US$ 8 bilhões em ativos que administra diretamente e em cerca de US$ 1,3 bilhão em fundos que assessora para terceiros.

Os investidores já pedem opções sustentáveis, o que levou a empresa a criar veículos de investimento, a começar pelo fundo de oncologia, que será lançado com cerca de US$ 5 milhões a US$ 10 milhões em ativos. A maior parte será investida no Candriam Equities L Oncology Impact, que contém empresas como Roche e Bristol-Myers Squibb, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

Gallo vê crescimento da demanda por mais produtos à medida que países em desenvolvimento alcancem os EUA e a Europa na adoção de padrões ESG.

“Na América Latina, estamos mais atrasados no processo de estabelecer a sustentabilidade na gestão de ativos”, afirmou. “Mas há um valor intrínseco em ajudar o meio ambiente e ajudar o mundo inteiro a se tornar um pouco mais sustentável.”

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.