Mercado abrirá em 3 h 57 min
  • BOVESPA

    110.580,79
    +234,97 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.304,04
    -72,85 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,08
    +1,31 (+1,19%)
     
  • OURO

    1.854,40
    -11,00 (-0,59%)
     
  • BTC-USD

    29.803,64
    +618,63 (+2,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    663,43
    +7,61 (+1,16%)
     
  • S&P500

    3.941,48
    -32,27 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.928,62
    +48,38 (+0,15%)
     
  • FTSE

    7.518,27
    +33,92 (+0,45%)
     
  • HANG SENG

    20.171,27
    +59,17 (+0,29%)
     
  • NIKKEI

    26.677,80
    -70,34 (-0,26%)
     
  • NASDAQ

    11.804,75
    +33,75 (+0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1548
    -0,0174 (-0,34%)
     

Peru corre risco de escalada de fome por falta de fertilizantes

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Bloomberg) -- A escassez de fertilizantes ameaça criar uma crise de fome no Peru, onde a convulsão política deixa pouco espaço para o governo buscar suprimentos alternativos em meio à guerra na Ucrânia.

A indústria agrícola do Peru enfrenta um déficit de 180.000 toneladas de ureia, um importante fertilizante nitrogenado, e a produção de alimentos básicos como arroz, batata e milho deve cair até 40%, a menos que uma solução seja encontrada nos próximos meses, segundo Eduardo Zegarra, economista agrário do centro de pesquisas GRADE.

Em todo o mundo, os preços de fertilizantes dispararam depois que a invasão russa da Ucrânia elevou o custo do gás natural, principal insumo para a maioria dos fertilizantes nitrogenados, e forçou alguns produtores da Europa a reduzir a produção.

Os mercados também temem que sanções à Rússia, um grande exportador de baixo custo de todos os principais tipos de insumos agrícolas, possam atrapalhar o comércio global. A Rússia respondeu por 70% dos fertilizantes do Peru no ano passado.

“A questão da fome para a população, para milhões de cidadãos do país, esse é o problema de hoje”, disse Clímaco Cárdenas, presidente da associação agrícola peruana Conveagro, à Rádio Exitosa.

A situação levou fazendeiros a bloquear estradas para pressionar pela dissolução do Congresso e por uma reforma agrária prometida pelo presidente Pedro Castillo. Ao mesmo tempo, as autoridades debatem medidas para aliviar as pressões inflacionárias sobre a população.

O governo de Castillo tem sido assolado por confrontos amargos com o Congresso e uma série de mudanças de gabinete, com um quinto primeiro-ministro programado para ser anunciado nos próximos dias. Depois de duas tentativas frustradas de derrubar o presidente de esquerda, parlamentares da oposição o investigam por suposta traição.

“A crise dos fertilizantes é de segurança nacional”, disse Zegarra. “Se, nos próximos meses, o Peru não comprar ureia de algum lugar, a safra agrícola será um desastre.”

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos