Mercado fechado

Perto do fim, Adobe Flash terá sobrevida no Firefox até janeiro de 2021

Ramon de Souza
·1 minuto de leitura

Em um comunicado curto e grosso publicado em seu blog oficial, a Mozilla avisou, de forma bastante clara, que a mais nova compilação do navegador Firefox — a edição 84 — será a última a ser compatível com o Adobe Flash Player, famosa plataforma de criação e reprodução de conteúdo multimídia da Adobe. A expectativa é que uma build seja lançada no dia 26 de janeiro de 2021 para matar de vez essa compatibilidade.

“Em 26 de janeiro de 2021, quando lançarmos o Firefox versão 85, ele será lançado sem suporte para o Flash, melhorando nosso desempenho e segurança. Para nossos usuários dos canais de lançamento Nightly e Beta, o suporte ao Flash terminará em 17 de novembro de 2020 e 14 de dezembro de 2020, respectivamente”, explicou a companhia. O fim do comunicado é bem claro: “Não haverá configuração para reativar o suporte ao Flash".

Vale lembrar que, em 2017, a própria Adobe já havia anunciado a morte da tecnologia, colocando a data limite de 31 de dezembro de 2020 para que ela parasse de funcionar. Sendo assim, o que os navegadores estão fazendo é tentando lidar com essa transição da forma mais suave possível, acostumando seus usuários a lidar com uma web sem animações ou joguinhos em Flash.

Vale lembrar o porquê da morte do Flash: a tecnologia sempre foi amplamente criticada por impactar no desempenho de processadores; e por ser um verdadeiro “queijo suíço” de brechas, sendo um inimigo mortal para a comunidade de segurança. Foi para substituir esse padrão defasado que o HTML5 foi criado e já está sendo amplamente usado para prover interatividade em sites e web apps.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: