Mercado abrirá em 34 mins
  • BOVESPA

    108.782,15
    -194,55 (-0,18%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.081,33
    -587,31 (-1,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,23
    +1,99 (+2,58%)
     
  • OURO

    1.769,00
    +13,70 (+0,78%)
     
  • BTC-USD

    16.522,26
    +303,86 (+1,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    390,42
    +10,13 (+2,66%)
     
  • S&P500

    3.963,94
    -62,18 (-1,54%)
     
  • DOW JONES

    33.849,46
    -497,57 (-1,45%)
     
  • FTSE

    7.514,40
    +40,38 (+0,54%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    +906,74 (+5,24%)
     
  • NIKKEI

    28.027,84
    -134,99 (-0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.666,50
    +50,25 (+0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5629
    +0,0137 (+0,25%)
     

Pernambuco tem nove pontos com atos golpistas em rodovias federais

FOLHAPRESS - Em Pernambuco, há nove pontos com manifestações golpistas nas rodovias federais nesta terça-feira (1º), de acordo com balanço divulgado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) às 12h40.

A situação mais complicada é em Taquaritinga do Norte, no agreste, onde há interdição total com manifestantes na BR-104.

Em outros cinco trechos, há manifestações, mas com interdições parciais: BR-101 (Igarassu), BR-232 (Caruaru), BR-104 (Caruaru), BR-232 (Belo Jardim) e BR-232 (Bezerros).

Na região metropolitana do Recife, há atos golpistas na BR-101 e na BR-232, em Jaboatão dos Guararapes, mas sem interdição. O cenário é semelhante na BR-423, em Lajedo.

A PRF em Pernambuco disse, em nota, que "de acordo com a observação das equipes policiais, os grupos em sua maioria são compostos por pessoas, por cidadãos, e não necessariamente por caminhoneiros, que demonstram insatisfação com o resultado das eleições do último domingo".

A corporação também frisou que "segue cumprindo com sua missão de garantir o direito de ir e vir das pessoas e para isso mobiliza todo seu efetivo, incluindo polícias dos grupos especializados".

As ações de desbloqueio contam ainda com a parceria da Polícia Federal e da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, por meio da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

O Ministério Público Federal em Pernambuco emitiu, na manhã desta terça, uma recomendação à PRF para desbloquear as estradas federais no estado.

O MPF requisitou à Polícia Federal a identificação dos participantes dos bloqueios que praticarem incitação à prática de crime e emprego de violência e ameaça para impedir ou restringir o exercício dos Poderes constitucionais, bem como para depor governo legitimamente constituído, para instauração de inquérito e possível ajuizamento de ação penal contra os responsáveis pelos atos.

"Questionar a existência do Estado de Direito, por meio da incitação odiosa de crimes contra os seus integrantes ou contra a ordem constitucional instituída, é pôr em xeque o regime democrático e, por isso, nenhuma atuação nesse sentido encontra guarida na Constituição Federal", defendem os procuradores da República.