Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,13
    +0,56 (+0,51%)
     
  • OURO

    1.824,30
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    20.738,79
    -301,70 (-1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,80
    -6,00 (-1,30%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.066,25
    +25,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5281
    -0,0160 (-0,29%)
     

Perfume feito de 'emoções' mistura metaverso, mundo real e NFTs

Coleção de perfume conta com 26 ‘ingredientes’, capazes de criar mais de duas mil combinações
Coleção de perfume conta com 26 ‘ingredientes’, capazes de criar mais de duas mil combinações

(Getty Images)

  • Marcas lançam perfume que pode ser usado no mundo virtual e físico;

  • Fragrâncias são feitas a partir da mistura de elementos como harmonia, perspicácia, entre outras;

  • Iniciativa ainda mistura NFTs e metaverso.

A Byredo, marca de fragrâncias e maquiagem, se juntou com a RTFKT, startup de moda digital da Nike, para lançar o ALPHAMETA, um “perfume físico e digital”. Basicamente, os usuários que comprarem os NFTs (tokens não fungíveis) poderão coletar ‘auras’ vestíveis no metaverso, emoções que serão usadas como ingredientes para criar a fragrância que a pessoa quiser.

A coleção conta com 26 ‘ingredientes’, que vão de ingenuidade e harmonia à virtude e perspicácia. Há mais de duas mil formas diferentes de misturá-las, sendo que cada combinação cria um aroma diferente. Tais perfumes, inclusive, não ficam restritos ao metaverso: os usuários podem produzi-los e adquirir suas versões físicas.

“Gostei da ideia de dissecar as matérias-primas”, diz o fundador e diretor criativo da Byredo, Ben Gorham, em um comunicado. “Um único perfume é incapaz de representar esse mundo virtual, então formulamos um léxico de elementos que os colecionadores podem combinar à vontade para fazer algo totalmente único”.

Os frascos físicos de perfumes serão enumerados individualmente e identificados com uma etiqueta NFC (Comunicação de Campo Próximo) que o vincula ao NFT em questão. Esse tipo de iniciativa permite que tanto o mundo real quanto o virtual desfrutem das mesmas experiências, já que o usuário e seu respectivo avatar podem vestir a mesma roupa, aplicar a mesma maquiagem e, neste caso, usar o mesmo perfume.

Este é o primeiro projeto de metaverso de Byredo. Mais informações sobre as ‘auras vestíveis’ serão anunciadas em julho deste ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos