Percentual de famílias endividadas recua em janeiro, aponta CNC

SÃO PAULO – O número de consumidores endividados recuou em janeiro, segundo análise da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).

De acordo com dados divulgados pela entidade na Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor), nesta terça-feira (22), este mês, 60,2% dos brasileiros possuem algum tipo de dívida. No mês passado, o volume era de 60,7% de famílias endividadas.

Neste primeiro mês do ano, 21,2% das famílias afirmaram ter contas em atraso, mostrando crescimento de 0,5 ponto percentual, frente ao mês imediatamente anterior. Na comparação com janeiro de 2012, o indicador apresentou alta de 1,3 ponto percentual.

Ainda segundo o estudo, 6,6% das famílias afirmaram que não terão condições de pagar suas contas neste mês.

Dívidas mais comuns
Dos tipos de dívidas, o cartão de crédito continua liderando, com 74% das indicações, seguido pelos carnês (19,7%), dívidas com financiamento de carros (11,9%), crédito pessoal (8,9%) e cheque especial (7,2%).

Em janeiro, em média, 29,4% da renda das famílias está sendo destinada às dívidas e 18,6% dos entrevistados disseram comprometer mais da metade dos rendimentos para pagamento de dívidas.

Entre os consumidores com contas em atraso, 26% têm contas vencidas por até 90 dias e 27,3% por mais de um ano. O tempo médio de comprometimento com dívidas em janeiro foi de 6,5 meses.

Carregando...