Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    42.104,75
    +1.973,40 (+4,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Pequena zebra! Estrelas francesas param na defesa húngara e só empatam

·2 minuto de leitura

A França insistiu do início ao fim. Com o status de atual campeã do mundo, a equipe comandada por Didier Deschamps foi para cima da Hungria. Mas não teve jeito. O time não passou de um empate em 1 a 1, em Budapeste, pela segunda rodada do Grupo F da Eurocopa. E olha que poderia ter sido pior.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Les Bleus cansaram de perder gols. Com todos os seus astros em ação, tentaram, de alguma forma, superar o rival local, que era apoiado por uma Puskas Arena com mais de 55 mil pessoas. Embora a inspiração de Mbappé, os gols teimaram em não sair no primeiro tempo – aliás, chances não faltaram, mas a pontaria não estava muito calibrada.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Quem se deu melhor, assim, foi Fiola, que aproveitou um contra-ataque já nos acréscimos e abriu o placar. Os franceses, assim, tiveram que apertar o passo na etapa final, e coube a Mbappé fazer a jogada para Griezmann deixar tudo igual depois de uma bola mal afastada.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com quatro pontos, a França dificilmente vai deixar de avançar para a próxima fase. No entanto, foi, sim, uma pequena zebra, e os planos de Deschamps de poupar diante de Portugal, na quarta-feira, devem ser abortados. Afinal, estamos falando do chamado grupo da morte, e qualquer descuido pode ser fatal.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos