Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.239,14
    -76,25 (-0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Pelo menos 10 mortos em tiroteio nos Estados Unidos

Um jovem de 18 anos matou a tiro 10 pessoas, este sábado, num supermercado na cidade de Buffalo, no estado de Nova Iorque. O FBI diz que se tratou de um crime de ódio e extremismo violento, motivados por questões raciais. O presidente Joe Biden fala em “terrorismo doméstico que vai contra tudo o que a América representa”.

O agressor, identificado como Payton Gendron, foi detido depois do tiroteio. Estava armado, usava um capacete equipado com câmara para transmitir o ataque ao vivo pela internet, colete à prova de balas e roupas de tipo militar.

Joseph Gramagliam, Comissário da Polícia de Buffalo, explicou que o atacante saiu do seu carro e alvejou quatro pessoas no parque de estacionamento do estabelecimento comercial. Depois, entrou na loja e começou a disparar contra os clientes.

Para além das vítimas mortais, três pessoas ficaram feridas no tiroteio. Onze vítimas eram afro-americanas. Segundo a imprensa dos Estados Unidos, as autoridades investigam um manifesto "de caráter racista" divulgado na internet, no qual o suspeito explicaria seus planos e motivações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos