Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,67 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.839,80
    -3,40 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    41.342,54
    -504,04 (-1,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,43
    -2,83 (-0,28%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    14.725,75
    -307,75 (-2,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1293
    -0,0381 (-0,62%)
     

Peixe dourado dirige carro motorizado em novo experimento; veja vídeo

·1 min de leitura

Frequentemente, a ciência nos proporciona momentos excêntricos e particularmente memoráveis, como a vez em que um neurocientista treinou roedores para jogar Doom. Em um novo experimento, que acompanha um artigo publicado na revista científica Behavioural Brain Research, um peixe dourado apareceu dirigindo um "carro" motorizado cheio d'água.

O estudo foi conduzido pela Universidade Ben-Gurion (Israel), sob a premissa de compreender a capacidade de peixes dourados de dirigir sob estímulos. O veículo conta com um tanque de água, e segue a direção que o peixe desejar. Por exemplo: se o animal nada para a direita, o "carro" vai para a direita também.

No experimento, os cientistas colocavam um alvo rosa na direção que o peixe deveria ir. Para estimular a seguir a direção que deveria, os pesquisadores davam comida como uma forma de recompensa. Em vídeo, é possível entender melhor do que estamos falando:

O estudo contou, ao todo, com a participação de seis peixes dourados, o famoso japonês, ou kinguio. Segundo os pesquisadores, inicialmente os movimentos dos peixes eram aleatórios e erráticos, mas com o passar do tempo, sob treinamento, esses movimentos se tornaram mais calmos e deliberados.

Depois de alguns dias, os carros deixaram de vagar aleatoriamente pela sala e passaram a disparar direto em direção ao alvo rosa, sugerindo que os peixes dourados podem aprender a navegar em ambientes completamente desconhecidos. Para o futuro, os cientistas almejam descobrir se os peixes conseguem navegar por rotas mais longas, em situações menos planejadas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos