Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,67 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.839,80
    -3,40 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    41.422,46
    -489,80 (-1,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,43
    -2,83 (-0,28%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    14.725,75
    -307,75 (-2,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1295
    -0,0379 (-0,61%)
     

Pedir comida no TikTok? Nos EUA, será possível em breve

·1 min de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • Em março de 2022, o TikTok pretende estrear uma dark kitchen de delivery de comida nos Estados Unidos;

  • A ideia é que o cardápio planejado seja todo retirado das receitas criadas e compartilhadas na plataforma de vídeos;

  • O objetivo é que os menus mudem a cada três meses e que o dinheiro arrecadado seja distribuído entre o criador do conteúdo e os compartilhadores.

Grandes companhias buscam cada vez mais se reinventar para se manter no jogo. Desse modo, o TikTok, aplicativo de compartilhamento de mídia, planeja estrear uma dark kitchen de delivery de comida nos Estados Unidos em março do ano que vem. É isso mesmo que você leu.

E o cardápio planejado será inteiramente retirado das receitas criadas e compartilhadas por criadores de conteúdo na plataforma de vídeos.

Leia também:

A ideia é resultado da parceria entre a ByteDance, companhia chinesa responsável pelo aplicativo, e a Virtual Dining Concepts. O plano é estrear o projeto com 300 estabelecimentos e fechar 2022 com mais de mil unidades abertas.

A intenção é que os menus mudem a cada três meses, seguindo as tendências virais na plataforma. O dinheiro arrecadado com as vendas será divido entre os criadores das receitas e aqueles que compartilharam o vídeo.

De acordo com a companhia, a renda será distribuída de forma a apoiar os usuários que inspiraram o prato do menu e também encorajar outros a se expressarem na rede social.

As informações são Exame.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos