Mercado abrirá em 3 h 4 min

Pedidos semanais de auxílio-desemprego nos EUA recuam mais do que o esperado

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que solicitaram auxílio-desemprego caiu mais do que o esperado na semana passada, apontando para um força sustentada do mercado de trabalho dos Estados Unidos apesar da recente desaceleração no crescimento do emprego.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 10 mil, para 204 mil (dado ajustado sazonalmente) na semana encerrada em 11 de janeiro, informou o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta-feira.

Com a quinta queda consecutiva semanal, as reivindicações devolveram o aumento observado no início de dezembro, que foi gerado pelo feriado nacional do Dia de Ação de Graças em data posterior à normal. Os dados de pedidos da semana anterior não foram revisados.

Economistas consultados pela Reuters previam que as reivindicações aumentariam para 216 mil na última semana. O Departamento do Trabalho disse que apenas as reivindicações para o Estado do Alabama foram estimadas na semana passada.

(Por Lucia Mutikani)