Mercado fechado

Pedidos de seguro-desemprego sobem 53% em maio e chegam a 960 mil

FÁBIO PUPO
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 06.12.2017: Carteira de Trabalho e Previdência Social. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

O número de pedidos de seguro-desemprego subiu 53% em maio deste ano se comparado com o mesmo período de 2019. A informação é do Ministério da Economia, que apresentou nesta terça-feira (9) os dados atualizados do mês.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Em maio, foram registradas 960.258 solicitações da assistência do governo a pessoas demitidas sem justa causa. No mesmo mês de 2019, o número foi de 627.779.

Leia também

Há pouco mais de duas semanas, o Ministério divulgou os dados da primeira quinzena de maio, quando o número de pedidos subiu 76% se comparado com o mesmo período de 2019.

O número de maio também representa aumento de 28% em relação a abril de 2020, quando foram registrados 748.540 pedidos. Em março, quando começaram as medidas de isolamento que impactaram a atividade econômica, os pedidos alcançaram 536.844.

De janeiro a maio, o seguro-desemprego já foi pedido por 3.297.396 de pessoas, uma alta de 12,4% em relação a igual período de 2019.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.