Mercado abrirá em 2 h 49 min

Pedidos de seguro-desemprego no Brasil aumentam 35% na 1ª quinzena de junho frente a 2019

.

BRASÍLIA (Reuters) - O Ministério da Economia informou nesta quinta-feira que os pedidos de seguro-desemprego na primeira quinzena de junho subiram 35% sobre igual período de 2019, alcançando 351.315 solicitações totais, num reflexo da crise do coronavírus sobre o mercado formal de trabalho.

O número representa uma diminuição de 22,9% em comparação aos requerimentos na segunda quinzena de maio de 2020, disse a pasta.

Até o momento, no acumulado do ano foram contabilizados 3.648.762 pedidos de seguro-desemprego, alta de 14,2% sobre igual intervalo do ano passado.


(Por Gabriel Ponte)