Mercado abrirá em 31 mins
  • BOVESPA

    106.924,18
    +1.236,18 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.579,90
    +270,60 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,49
    -1,00 (-0,91%)
     
  • OURO

    1.799,60
    -8,60 (-0,48%)
     
  • BTC-USD

    29.789,68
    -554,43 (-1,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    666,15
    -14,95 (-2,20%)
     
  • S&P500

    4.023,89
    +93,81 (+2,39%)
     
  • DOW JONES

    32.196,66
    +466,36 (+1,47%)
     
  • FTSE

    7.419,78
    +1,63 (+0,02%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.547,05
    +119,40 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    12.336,00
    -46,75 (-0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2869
    +0,0278 (+0,53%)
     

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA sobem mais que o esperado

Placa sinaliza feira de trabalho em Nova York

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego aumentou mais do que o esperado na semana passada, mas permaneceu acima do nível consistente com o aperto das condições do mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram em 19 mil, para 200 mil em dado ajustado sazonalmente, na semana encerrada em 30 de abril, disse o Departamento do Trabalho nesta segunda-feira.

Economistas consultados pela Reuters esperavam 182 mil solicitações na última semana.

Os pedidos estavam abaixo da marca de 200 mil desde meados de fevereiro em meio à forte demanda por mão-de-obra. Dados do governo nesta semana mostraram que havia um recorde de 11,5 milhões de vagas em aberto no último dia de março.

O desequilíbrio no mercado de trabalho está forçando o empregadores a elevarem os salários, contribuindo para o aumento da inflação.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos