A pedido de Dilma, leilão da ANP incluirá novos blocos

A pedido da presidente Dilma Rousseff, 117 novos blocos de exploração de petróleo e gás devem ser adicionados aos 172 previstos para a 11ª rodada do leilão da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A licitação está marcada para os dias 14 e 15 de maio, no Rio de Janeiro. Segundo o secretário de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia (MME), Marco Antônio Almeida, o acréscimo terá que ser aprovado pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) até o próximo dia 10.

"Com isso, chegaremos a 289 blocos na rodada. Será agregada uma área de exploração de 34.514 quilômetros quadrados aos 121.199 km quadrados previstos inicialmente, chegando a uma cobertura de 155.713 km quadrados", afirmou o secretário. Ele se reuniu com Dilma nesta quarta-feira, quando também estiveram presentes o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a diretora-geral da ANP, Magda Chambriard.

Entre as novas áreas que serão adicionadas está a foz do Rio Amazonas, com 65 novos blocos na fronteira com a Guiana. "Houve indicações de possíveis descobertas importantes na Guiana, a 50 km da fronteira com o Brasil, então a área brasileira também tem potencial para descobertas", relatou Almeida.

Além disso, serão acrescentados 36 blocos em terra na Bahia, 6 em águas profundas no Espírito Santo - fora da área do pré-sal - e 10 em águas profundas na Bacia Pernambuco-Paraíba. "O cancelamento da 8ª Rodada também fez com que trouxéssemos alguns desses blocos para o próximo leilão", acrescentou.

Para Almeida, como o Brasil não licita novos blocos de exploração há muito tempo, a procura dos investidores deve ser grande. O secretário, no entanto, foi comedido ao comentar a expectativa de arrecadação com os bônus de assinatura do leilão. "A nossa expectativa de arrecadação está entre R$ 1 bilhão e R$ 10 bilhões, mas muito mais perto de R$ 1 bilhão", completou.

O governo também marcou datas preliminares para a 1ª rodada de licitação de blocos do pré-sal sob regime de partilha, que deve ocorrer nos dias 28 e 29 de novembro. A rodada para blocos de gás e óleo não convencionais está prevista para os dias 11 e 12 de dezembro deste ano.

Carregando...