Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +997,93 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,23 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,72
    +1,74 (+2,18%)
     
  • OURO

    1.812,80
    +3,20 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    17.103,35
    +151,28 (+0,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,88 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,05 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.749,07
    -28,83 (-0,10%)
     
  • NASDAQ

    11.995,50
    -14,75 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5002
    +0,0062 (+0,11%)
     

Pedido de Bolsonaro é que as manifestações não impeçam direito de ir e vir, diz ministro da Justiça

SÃO PAULO, SP, 1º.11.2022 - Caminhoneiros apoiadores de Bolsonaro protestam e bloqueiam rodovia Castelo Branco na altura do KM 20. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 1º.11.2022 - Caminhoneiros apoiadores de Bolsonaro protestam e bloqueiam rodovia Castelo Branco na altura do KM 20. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro da Justiça, Anderson Torres, disse que pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL) é para que as manifestações nas vias federais não impeçam o direito de ir e vir.

"Ação continuada da @PRFBrasil na desinterdição das rodovias federais. Das 18:00 de domingo (30) até as 07:00 de hoje (2), já foram feitos 544 desbloqueios. Reitero o pedido do PR @jairbolsonaro para que as manifestações não impeçam o direito de ir e vir de todos", disse o ministro, nas redes sociais.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), incluindo caminhoneiros, iniciaram na madrugada de segunda-feira (31) bloqueios em estradas pelo país em protestos de cunho golpista contra o resultado das eleições, que teve Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como vencedor na disputa pelo Planalto.

Os dados de bloqueios estão reduzindo depois de Bolsonaro fazer pronunciamento no qual quebrou um silêncio de 45 horas após o resultado do segundo turno. Entretanto, o primeiro discurso frustrou quem esperava que o mandatário pedisse explicitamente a desmobilização de bloqueios de rodovias.