Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.364,10
    +529,82 (+1,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Peça com atores de cinco continentes é destaque da programação de teatro on-line; veja roteiro

·9 minuto de leitura

A programação de teatro on-line nesta semana, entre os dias 18 e 24 de junho, é marcada por estreia internacional do Grupo Satyros, que reunirá atores de cinco continentes na peça "The art of facing fear" — a estreia é nesta sexta-feira, com legendas em português.

A seguir, confira toda a programação de teatro on-line. A maior parte das montagens tem ingressos gratuitos.

PEÇAS DE TEATRO ON-LINE:

Estreia

'Derrota'

Texto: Dimítris Dimitriádis. Direção: Camila Bauer. Com Liane Venturella.

Os pensamentos de uma mulher, sozinha no quarto, interagindo apenas com o espectador do outro lado da tela do computador.

Serviço: Sex e sáb, às 22h. Ter, às 23h59. R$ 10, pelo site EntreAtos. 30 minutos. Livre. Até 29 de junho.

'The art of facing fear'

Texto: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. Direção: Rodolfo García Vázquez. Com Abel Garcia Antonio Peredo GonzalesBola Stephen-Atitebi e outros 24 atores.

O espetáculo do Grupo Os Satyros, é uma nova versão para "A arte de encarar o medo", desta vez com atores de cinco continentes. Em um futuro distópico, pessoas tentam reconstruir histórias de uma vida anterior à pandemia.

Serviço: Sex, às 21h30. Sáb, às 15h e às 23h. Dom, às 8h. Gratuito, no site da peça. 60 minutos. 16 anos. Até 4 de julho.

'Transe'

Texto: Pedro Henrique Lopes. Direção: Diego Morais. Com Oscar Fabião e Pedro Henrique Lopes.

O drama acompanha o embate entre João, um jovem inseguro com sua aparência e receoso de seus desejos libertinos, e Nicolas, um michê extravagante e cheio de luxúria.

Serviço: O espetáculo previamente gravado pode ser visto em qualquer dia e horário. Gratuito, com retirada de ingressos no Sympla. 30 minutos. 18 anos. Até 18 de julho.

'Vizinhos'

Texto: Renato Farias. Direção: Rafael Sieg e Raphael Vianna. Com João Manoel, Renato Farias e Sirlea Aleixo.

A peça acompanha um encontro inesperado, cercado de mistério, entre dois vizinhos.

Serviço: A peça, previamente gravada, fica disponível, em qualquer horário. Gratuito, via Sympla. 70 minutos. 14 anos. Até 18 de julho.

Reestreia

'Luiza Mahin... Eu ainda continuo aqui'

Texto: Márcia Santos. Direção: Édio Nunes. Com Cyda Moreno.

A montagem promove um cruzamento entre relatos contemporâneos de mães negras que perderam seus filhos com a vida de Luiza Mahin, nascida no início do século XIX, mãe do advogado abolicionista e jornalista Luiz Gama, vendido como escravo pelo próprio pai.

Serviço: Dom, às 19h. R$ 20, com venda apenas on-line. 55 minutos. 14 anos. Até 27 de junho. A peça também acontece presencialmente.

Extra

'1ª Mostra de Teatro On-Line APTI'

A Associação de Produtores Teatrais Independentes exibe espetáculos on demand previamente gravados para arrecadar dinheiro para o Fundo Marlene Colé, que vem apoiando os profissionais das artes cênicas. Sáb e dom: "Voar é o que me põe em pé", com Olivia Araujo, e "Alice, retrato de mulher que cozinha ao fundo", com Nicole Cordery.

Serviço: As peças podem ser vistas em qualquer horário, entre sábado e domingo. A partir de R$ 10, no site da APTI. Livre. Ate 1º de agosto. Semanalmente, as atrações são alteradas.

'Aquela Cia de Teatro: 15 anos + 1'

Para celebrar 15 anos de atividades ininterruptas, o grupo Aquela Cia de Teatro apresenta, em versão on-line, as obbras da premiada Trilogia Carioca, composta pelos espetáculos "Cara de Cavalo", "Caranguejo Overdrive" e "Guanabara Canibal". Sáb: "Cara de cavalo" + Caranguejo overdrive".

Serviço: Sáb, às 20h. A partir de R$ 5, por meio do Sympla. Livre. Até 26 de junho.

'Festival de Inverno do Grupo Tapa'

O Grupo Tapa transmite versões on-line para peças de seu repertório e estreia espetáculos inéditos, nunca antes montados pela companhia. Sáb e dom: "Sete histórias", de Ezter Liu.

Serviço: Sáb e dom, às 19h. R$ 20, com ingressos por meio do Sympla. Livre. Até 18 de julho.

Última semana

'O despertar'

Texto: Dario Fo e Franca Rame. Direção: Neyde Veneziano. Com Carla Candiotto.

Uma mulher acorda cedo para deixar seu filho na creche e ir ao trabalho. Mas, antes de sair de casa, ela não encontra a chave, e o bebê chora e faz cocô, e não há água na torneira, e ela resolve usar queijo ralado no lugar do talco.

Serviço: Sex a dom, às 20h. Gratuito, com retirada de ingressos no Sympla. Livre. Até 20 de junho.

'Luiz Gama — Uma voz pela liberdade'

Texto: Deo Garcez. Direção: Ricardo Torres. Com Deo Garcez e Soraia Arnoni.

O espetáculo repassa a história de Luiz Gama, ex-escravo, jornalista, poeta, primeira voz negra da literatura brasileira e o maior advogado de pessoas escravizadas no Brasil.

Serviço: Qui, às 19h. R$ 20, com ingressos no site do Teatro Petra Gold. 60 minutos. Livre. Até 24 de junho. A peça também acontece presencialmente.

Continuação

'Angustia-me'

Texto: Julia Spadaccini e Marcia Brasil. Direção: Alexandre Mello. Com Fábio Ventura, Leandro Baumgratz, Maria Adélia, Noemia Oliveira, Raquel Rocha e Rogério Garcia.

A comédia dramática mergulha nas angústias de seis pessoas em situações inusitadas.

Serviço: O espetáculo segue disponível gratuitamente no Youtube a partir da estreia (no dia 30 de abril, às 20h), com ingressos retirados pelo Sympla. 14 anos. Até 30 de junho.

'Dez por dez'

Texto: Neil Labute. Direção: Guilherme Leme Garcia e Gustavo Leme. Com Angela Vieira, Bruno Mazzeo, Chandelly Braz, Denise Fraga, Eucir de Souza, Ícaro Silva, Johnny Massaro, Leopoldo Pacheco, Luisa Arraes e Pathy Dejesus.

Dez atores interpretam diretamente para a câmera, sem cortes, dez histórias diferentes com duração de dez minutos. A cada semana, duas novas histórias são apresentadas ao público.

Serviço: Qui, às 21h. Gratuito, por meio do site do Teatro Unimed. Até 17 de junho, semanalmente, serão apresentadas duas histórias diferentes a cada sessão — posteriormente, toda a obra pode ser vista no site. 20 minutos. Livre. Até 11 de julho.

'Ela e eu — Vesperal com chuva'

Texto: Lúcia Benedetti. Direção: Rogéria Gomes. Com Suely Franco.

Uma senhora octogenária relembra fatos do passado, de decepções amorosas a alegrias da infância.

Serviço: Diariamente, em qualquer horário (no momento em que o público adquire o ingresso, pode assistir à narrativa previamente gravada em até 48 horas). A partir de R$ 20, por meio da plataforma Funarj Em Casa. 45 minutos. 12 anos. Até 22 de julho.

'Farol de neblina'

Texto: Sérgio Roveri e Clarissa Campolia. Direção: Clarissa Campolina e Yara de Novaes. Com Fafá Rennó e Leonardo Fernandes.

A websérie teatral tem quatro episódios mostra o misterioso encontro de um casal em uma casa sem vizinhos ao longo de uma noite fria e encoberta pela neblina.

Serviço: Sex, sáb e seg, às 20h. Dom, às 19h. Gratuito, com acesso pelo site da peça. 72 minutoa. 12 anos. Até 30 de junho.

'Hoje não é um bom dia'

Texto: João Maia Peixoto. Direção: Priscila Lima. Com Andressa Robles, Amanda Gouveia, Charlotte Cochrane, Fernanda Vizeu, Priscila Lima e Tainá Medina.

Duas jovens mulheres conversam por uma vídeo chamada. O papo, erótico a princípio, rapidamente toma contornos desagradáveis, e o que era um encontro romântico se transforma numa interação ameaçadora e extremamente violenta.

Serviço: Sab e dom, às 20h. A partir de R$ 15, por meio do Sympla. Livre. Até 27 de junho.

'Lições dramáticas por João Caetano'

Texto: Claudio Mendes e Isaac Bernat. Direção: Isaac Bernat. Com Claudio Mendes.

Em 1862, aos 35 anos de carreira, o ator João Caetano (1808-1863) escreveu e publicou as suas "Lições dramáticas". Ele foi um dos primeiros atores brasileiros de reconhecimento público, sendo atribuída a ele a criação de um "estilo brasileiro de atuar".

Serviço: A websérie disponibiliza todos os episódios a partir de 1º de abril, por meio do YouTube. Gratuito. Livre. Até 1º de julho.

'Mamáfrika'

Texto: Gabo Barros, Marcelo Magano e Saulo Adão. Direção: Gabo Barros. Com Cátia Costa, Paulo Guidelly e Marcelo Magano.

Uma família brasileira tenta ascender socialmente, investindo na educação do filho mais novo. Mas ele não consegue se inserir no mercado de trabalho e decide voltar para casa.

Serviço: Sex a dom, às 20h. Gratuito, por meio do Instagram. 14 anos. Até 27 de junho.

'As mariposas'

Texto: Ivam Cabral e Rodolfo García-Vázquez. Direção: Rodolfo García Vázquez. Com a companhia Os Satyros.

No ano de 2121, um grande desastre ecológico destrói o planeta. Não existem mais florestas, e a maioria das espécies foi dizimada. A água é escassa, não chove e o ar é muito pesado.

Serviço: Sex e sáb, às 21h. Dom, às 18h. A partir de R$ 10, por meio do Sympla. 90 minutos. 18 anos. Ate 25 de julho.

'Moléstia'

Texto: Herton Gustavo Gratto. Direção: Marcéu Pierrotti. Com Ciro Sales, Camila Moreira, Deborah Figueiredo e Felipe Dutra.

Depois de suspeitar que seu filho foi abusado sexualmente, um casal busca o culpado pelo crime. As acusações apontam para um amigo de longa data.

Serviço: Uma versão previamente gravada do espetáculo é liberada ao público a partir do dia 27 de março. A partir de R$ 10, por meio do Sympla. 50 minutos. 14 anos. Até 27 de junho.

'Mulheres nascidas de um nome'

Texto: Claudio Hochman. Direção: Claudio Torres Gonzaga. Com Angélica Rodrigues, Ana Terra Blanco, Catarina Saibro e outras.

A montagem com 29 atrizes de diferentes países apresenta uma série de histórias protagonizadas por mulheres.

Serviço: Sex a dom, às 20h. Gratuito, por meio do YouTube. 90 minutos. 16 anos. Até 27 de junho.

'Partida'

Texto: Inez Viana. Direção: Debora Lamm. Com Denise Stutz e Inez Viana.

Na plateia de um teatro, duas artistas conversam sobre a peça que pretendem criar. A inspiração é uma carta que uma mulher escreveu para o amante, e que jamais foi enviada.

Serviço: Sex a dom, às 19h. Gratuito, por meio do portal Sesc Rio. 35 minutos. Livre. Até 27 de junho.

'Uma peça para salvar o mundo'

Texto: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. Direção de Rodolfo García Vázquez. Com Thiago Mendonça.

A partir de perguntas e vídeos de recentes fatos reais apresentados por um personagem-máquina, alguns espectadores serão convidados a interagir e comentar livremente.

Serviço: Dom e seg, às 20h. Gratuito, com transmissões por meio do Sympla. 45 minutos. 16 anos. Até 28 de junho.

'Pele'

Texto, direção e atuação: Daniela Carmona.

Em cena, uma mulher que perdeu a pele. Ela recebe as ondas virtuais e reais do mundo ao redor diretamente nos seus nervos, músculos e ossos.

Serviço: Sex, às 21h. Gratuito, com transmissão no YouTube. 40 minutos. 18 anos. Até 2 de julho.

'Rádio Acordar o Tempo'

Texto e direção: Caio Riscado e Maria Isabel Iorio. Com Luísa Vianna.

Ernúbia não pode sair de casa devido a uma crise mundial. Para fugir da tristeza, ela inventa um programa de rádio em que divide com suas ouvintes pensamentos sobre a vida e canções favoritas da era de ouro do rádio brasileiro.

Serviço: A websérie musical, em cinco episódios, pode ser vista gratuitamente — em qualquer dia e horário — por meio do YouTube, no canal do Sesc Rio. 10 minutos (cada episódio). 12 anos. Até 12 de setembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos