Mercado abrirá em 8 h 18 min
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,34
    +0,06 (+0,09%)
     
  • OURO

    1.829,10
    -7,00 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    57.465,72
    +2.071,14 (+3,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.552,06
    +1.309,38 (+539,55%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.947,99
    -175,69 (-2,47%)
     
  • HANG SENG

    27.910,60
    -103,21 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    28.026,12
    -582,47 (-2,04%)
     
  • NASDAQ

    13.214,25
    -131,75 (-0,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3360
    -0,0094 (-0,15%)
     

PDT pede ao STF suspensão de 17ª rodada de licitação de petróleo

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA (Reuters) - O PDT entrou com pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) que busca suspender a realização de todos atos preparativos para a 17ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A ação contra o leilão de áreas para exploração e produção de petróleo e gás, previsto para ocorrer até o final de 2021, foi distribuída ao ministro Maurco Aurélio, segundo nota divulgada no site do STF na manhã desta terça-feira.

O PDT acusa a União e a ANP de ignorarem a obrigatoriedade de avaliações ambientais antes da oferta dos blocos, o que segundo a legenda gera riscos de "danos imensuráveis ao meio ambiente".

O partido solicita a realização de estudos ambientais para determinar a eventual exclusão de "áreas sensíveis" da 17ª rodada, citando preocupações especialmente com setores como a Bacia Potiguar e a Bacia de Pelotas.

Procurada, a ANP afirmou em nota enviada por meio da assessoria de imprensa que ainda não tomou conhecimento da ação judicial.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse em janeiro que o governo previa a realização da 17ª rodada de licitação da ANP até o final de 2021, sem citar uma data específica.

(Por Ricardo Brito, com reportagem de Luciano Costa)