Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.893,32
    -1.682,15 (-1,52%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.778,87
    +104,57 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,27
    -0,07 (-0,15%)
     
  • OURO

    1.781,40
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    19.525,91
    +8,64 (+0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    382,09
    +17,50 (+4,80%)
     
  • S&P500

    3.621,63
    -16,72 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    29.638,64
    -271,73 (-0,91%)
     
  • FTSE

    6.266,19
    -101,39 (-1,59%)
     
  • HANG SENG

    26.341,49
    -553,19 (-2,06%)
     
  • NIKKEI

    26.433,62
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    12.354,00
    +77,00 (+0,63%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3612
    -0,0134 (-0,21%)
     

PayPal lança serviço para que usuários comprem, vendam e paguem com criptomoedas

Rui Maciel
·4 minuto de leitura

O PayPal anunciou na última quinta-feira (12) o lançamento de um novo serviço que permite a seus clientes comprar, manter e pagar com criptomoedas diretamente de sua conta na plataforma. A empresa sinalizou ainda seus planos para aumentar significativamente a utilidade da criptomoeda, disponibilizando-a como fonte de pagamento para sua base de 26 milhões de comerciantes mundo afora.

Durante o anúncio, Dan Schulman , presidente e CEO, PayPal, afirmou que a mudança para formas digitais de moedas é inevitável, trazendo vantagens claras em termos de inclusão financeira e acesso; eficiência, velocidade e resiliência do sistema de pagamentos; e a capacidade dos governos de desembolsar fundos para os cidadãos rapidamente.

"Nosso alcance global, experiência em pagamentos digitais, rede bilateral e controles rigorosos de segurança e conformidade nos fornecem a oportunidade e a responsabilidade de ajudar a facilitar o entendimento, resgate e interoperabilidade desses novos instrumentos de troca. Estamos ansiosos para isso trabalhar com bancos centrais e reguladores em todo o mundo para oferecer nosso apoio e contribuir significativamente para moldar o papel que as moedas digitais desempenharão no futuro das finanças e comércio globais".

O novo recurso de criptomedas do PayPal está disponível, inicialmente, apenas nos EUA. Mas empresa planeja expandir os recursos e selecionar mercados internacionais já no primeiro semestre de 2021. Ainda de acordo com a companhia, não haverá taxas de serviço ao comprar ou vender criptomoedas até 31 de dezembro de 2020 e não há taxas para manter criptomoedas em uma conta do PayPal.

Criptomoedas mais populares e cursos

O novo recurso de criptomoedas do PayPal permitirá que o usuário realize operações de compra e venda a partir das moedas digitais mais populares do mercado, como Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Litecoin. Tudo será feito diretamente na carteira digital do serviço.

O serviço de criptomoedas do PayPal utilizará as moedas digitais mais populares (Foto: Divulgação / PayPal)
O serviço de criptomoedas do PayPal utilizará as moedas digitais mais populares (Foto: Divulgação / PayPal)

Para ativar a nova funcionalidade, o PayPal recebeu uma Bitlicense, licença inédita do Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York (NYDFS). O serviço é habilitado nos Estados Unidos por meio de uma parceria com a Paxos Trust Company , um provedor regulamentado de produtos e serviços de criptomoeda.

Além disso, para conscientizar os usuários a respeito do novo recurso, o PayPal fornecerá aos seus correntistas conteúdo educacional para ajudá-los a entender o ecossistema de criptomoedas, os riscos e oportunidades relacionados ao investimento nas mesas e informações sobre a tecnologia Blockchain.

Em comunicado, o PayPal afirma ainda que a adoção convencional de criptomoedas tem sido tradicionalmente prejudicada por sua utilidade limitada como instrumento de troca devido à volatilidade, custo e velocidade de transação.

"No entanto, a promessa de plataformas tecnológicas avançadas oferece a possibilidade de integração das moedas digitais. De acordo com uma pesquisa do Bank for International Settlements, um em cada dez bancos centrais - representando aproximadamente um quinto da população mundial - espera emitir suas próprias moedas digitais nos próximos três anos".

Maior uso das criptomoedas no e-commerce

A partir do início de 2021, os clientes do PayPal poderão usar suas reservas em criptomoedas como forma de pagamento aos 26 milhões de comerciantes plataforma em todo o mundo. Os consumidores poderão converter instantaneamente seu saldo de criptomoeda selecionado em moeda fiduciária, com certeza de valor e sem taxas adicionais.

Já os comerciantes que utilizam o PayPal não terão integrações ou taxas adicionais, pois todas as transações serão liquidadas em moeda fiduciária de acordo com as taxas atuais do serviço. De forma prática, a criptomoeda simplesmente se tornará uma nova forma de pagamento dentro da carteira digital do PayPal, adicionando mais utilidades aos detentores de criptomoedas.

Futuro dos serviços financeiros

Além de fornecer esses serviços de criptomoeda, o PayPal afirma que tem explorado o potencial das moedas digitais por meio de parcerias com plataformas de criptomoedas licenciadas e regulamentadas e com bancos centrais em todo o mundo.

Nos últimos cinco anos, a empresa afirmou que tem aumentado seu foco e recursos na exploração da próxima geração de infraestrutura de serviços financeiros digitais e aprimoramentos para o comércio digital. Para isso, ela criou uma equipe interna de pesquisa focada nas potencialidades do blockchain.

Sede do PayPal nos EUA: empresa vem investindo na próxima geração de serviços financeiros (Foto: Divulgação / PayPal)
Sede do PayPal nos EUA: empresa vem investindo na próxima geração de serviços financeiros (Foto: Divulgação / PayPal)


Em 2019, PayPal Ventures, braço de capital de risco da empresa, investiu na TRM Labs , uma empresa focada em ajudar instituições financeiras a prevenir fraudes em criptomoedas e crimes financeiros; houve investimentos ainda na Cambridge Blockchain, uma empresa de software de conformidade e gerenciamento de identidade baseada em blockchain.

"O PayPal continuará explorando o potencial das tecnologias de razão distribuída para melhorar os serviços financeiros e garantir que sejam mais rápidos, seguros e menos caros. A empresa pretende trabalhar lado a lado com reguladores, governos e bancos centrais nessa busca.", completou a companhia. 

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: